terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Três regras para o uso medicinal da Cannabis


 Dr. Arif Khan especialista no uso da maconha medicinal e diretor da Greenway  aconselha seus pacientes a seguir três regras, a fim de aproveitar melhor o tratamento com  maconha. Dr. Khan, um expert, trabalha com pacientes na clínica Greenway para encontrar a combinação certa e método de uso medicinal da maconha para tratar seus sintomas específicos. 

"A maconha é uma medicação complexa, com  vários benefícios a saúde. Para uso terapêutico seguro, requer a seleção de genêticas (Indica, V. sativa) e dose adequada, dependendo da condição médica de cada paciente",


Dr. Khan as três regras do uso da maconha medicinal são:

Regra n º 1: Pergunta ao Dispensário Os pacientes precisam questionar seus dispensários sobre os vários tipos de maconha medicinal e os elementos de cada linhagem. As características da cannabis variam dependendo de onde ela foi plantada, e como  foi cultivada (interior ou exterior / hidro, ou solo, ou orgânica). As farmácias devem saber as respostas.


Regra 2: Faça-o pessoal Os pacientes necessitam  usar a tipo de adequado de cannabis para cada condição médica. O que os amigos ou familiares estão usando pode não ser eficaz para o seu caso. Por exemplo, Sativa, geralmente não é uma boa opção para pacientes que sofrem de insônia, pressão alta, doença cardíaca ou ansiedade. Para essas condições, indica normalmente é a melhor escolha.
Se um paciente está sofrendo de depressão, variedades Índicas poderiam trazer sintomas mais graves. Os pacientes devem discutir indica-sativa híbridos com o Dr. Khan e seus prestadores de dispensário locais.


Regra # 3 Timing e dosagem O tipo de maconha que os pacientes precisam pela manhã pode ser completamente diferente do que eles precisam a noite. Por exemplo, pacientes que sofrem de náuseas de manhã, o estresse do dia, a noite querem relaxamento necessitam de diferentes métodos de entrega, tipos e doses de maconha medicinal.


A maconha medicinal pode ser ingerida, fumada, vaporizada, bebida, tomado em uma cápsula, e aplicados topicamente como um bálsamo ou unguento. Pacientes que sofrem de dor localizada podem se beneficiar mais da cannabis aplicando pomadas e outros tratamentos tópicos, em vez de ingerir ou fumar cannabis.
Para quem sofre de asma, o tabagismo é fora de questão, então eles devem tentar tomar a medicação na forma de uma bebida, o chá, tintura, ou forma de outros comestíveis.

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Colaboradores

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics