terça-feira, 29 de julho de 2014

Como fornecer água de melhor qualidade às suas plantas de maconha

irrigação de maconhaPrimeiro, inspecione a água para ver se todos os sólidos (fertilizantes) estão dissolvidos. Uma quantidade adequada deve estar compreendida entre 100 e 150 partes por milhão (ppm). A água que é muito carregada em sólidos, deve ser filtrada com filtros de osmose reversa ou iônicos. 

A água dura restringe a absorção de nutrientes equilibrada. Você pode misturar água filtrada e não filtrada para criar uma mistura de água que é adequada para as plantas. Cada localidade tem um tipo diferente de água e o tratamento à ela dada. A água dura pode ser prejudicial para os sistemas hidropônicos / aeroponicos.

Sódio em água 
Tente ficar longe de qualquer água com altas concentrações de sódio. A planta irá absorver o sódio, antes de qualquer outro elemento, o que faz com que o sistema vascular da planta deteriore-se. 

Enxofre na água 
Qualquer água que tem um odor sulfuroso deve ter seu pH verificado. O enxofre é altamente ácido e a água pode ter um pH relativamente baixo. Você pode ajustar o pH da água com Cal para subir ou vinagre para descer o PH. O solo que tem sido afetada pela água também pode ter um pH baixo.

O cloro na água 
A água pública tem quantidades substanciais de cloro. Isso tem um efeito negativo sobre as plantas! 

Solução: Cloro pode afetar as plantas em muitas maneiras diferentes. Em primeiro lugar, pode matar alguns microorganismos que formam uma comunidade com raízes na rizosfera de alguns sistemas de mídia. Este fenômeno pode resultar num crescimento mais lento. O cloro também pode ser a causa de algumas queimaduras nas pontas das folhas, geralmente em dias quentes e ensolarados, quando a planta requer uma grande quantidade de água. 

A maioria dos jardineiros ainda usam água direto da torneira que foi provavelmente tratada com cloro e flúor talvez dependendo do seu município. Apesar da presença destes produtos químicos, plantas prosperam, embora possam crescer melhor com água não clorada. A maioria das cidades cloram seu abastecimento de água com cloraminas, que não podem ser erradicada através de fervura ou simplesmente permitindo que a água descanse para evaporação. Se você realmente quiser tirar o cloro da água da torneira, você pode usar filtros de carvão ativado. Sistemas UV especializados são projetados exclusivamente com desclorificação. Existem várias decloradores químicos no mercado para uso em tanques de peixes e aquários. Estes produtos são inócuos para peixes e plantas, mas o autor não o utilizou e não posso dizer com algum grau de certeza que o produto funciona melhor para jardins de maconha.

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Perceba 5 sinais que indicam que você está fumando maconha demais

pot headNós do Blog Planeta Maconha amamos a maconha como provavelmente a maioria de nossos leitores, mas sabemos que na vida tudo deve ser medido e nada exagerado. Nós não estamos aqui para julgar ou repreender, mas se você encontrar-se em qualquer um desses cenários, talvez seja hora de fazer uma pausa e reavaliar o uso recreativo da maconha: 

Você está falhando com as suas responsabilidades: 
Ser um consumidor responsável de cannabis significa que seu uso pessoal de maconha não afeta negativamente o cumprimento de suas responsabilidades no trabalho, na escola, e como um pai, companheiro de quarto e cônjuge. Quando você percebe que está falhando com frequência em atividades diárias, como ir à escola ou decepcionar alguém que estava contando com você, e tiver falhado porque você preferiu estar chapado, você não está apenas errando sua própria vida, você está contribuindo para os estereótipos negativos sobre os fumantes de maconha que causa impacto negativo sobre todos nós e nossa capacidade de lutar pela legalização da maconha

Você não para de tossir e o peito está chiando: 
Enquanto fumar maconha não é a porta de entrada para drogas pesadas, é a inalação de fumaça de é o verdadeiro mal da erva, não a planta por si só. Não é provável o risco de câncer de pulmão e doença pulmonar obstrutiva crônica, como um fumante de cigarros, mas freqüente, o uso de maconha pelo tabagismo (fumar) pode levar a uma garganta irritada e pulmões feridos. Considere mudar para a vaporização ou usando comestíveis até seus pulmões se recuperarem. 

Você está raspando resina de suas pontas ou cachimbos: 
Tem gente que quando ta na chamada "seca" ou período de "vacas magras", acaba raspando aquela resina negra que fica no final do baseado ou grudado no vidro do pipe ou bong. Infelizmente, o que permanece na resina após um broto ser fumado é na maior parte todas as coisas ruins como o alcatrão e quase nenhuma das coisas boas como THC. Você pode se sentir como se estivesse chapado, mas você está realmente apenas asfixiado por fumaça nociva. 

Você não está mais conseguindo chapar o coco: 
Maconha é como a maioria das drogas, no sentido de que aumentar a utilização pode levar a uma tolerância para os efeitos da droga. Você costumava ficar pregado no sofá, em seguida, ele deu alguma brisa, em seguida você não está realmente "chapado" a menos que você fume uma vela ou duas. Isso é bom, se você quiser gastar dinheiro como um militar de licença, mas se você quiser economizar algum dinheiro, apenas alivie um pouco. Mesmo tendo apenas um dia ou o fim de semana livre para usar cannabis pode redefinir seus receptores de canabinóides internos para melhor apreciar quantidades menores. 

Você está esquecendo de fumar maconha: 
Você sempre está tão chapado que você está sentado lá com um bong em uma das mãos e boas ervas sobre a mesa e você esquecendo completamente que você estava prestes a dar umas bolas? Tempo para uma pausa, cara, vá bater uma boa larica e descansar.

domingo, 27 de julho de 2014

Blog Maconha da Lata
Bom domingo para meus caros leitores do Blog Maconha da Lata. Hoje é dia de fechamento semanal. Por aqui você poderá acompanhar todas as notícias que se passaram essa semana no blog, basta clicar na notícia que quer ler e pronto, fácil né? Falamos nessa semana sobre o feriado nacional do haxixe nos Estados Unidos e sobre a frequente abertura que estão dando para a maconha. Se você deixou de ler algo, é só clicar em cada uma das notícias e ficar por dentro.
Segunda-feira, 21 de Julho de 2014
Quarta-feira, 23 de Julho de 2014
Quinta-feira, 24 de Julho de 2014

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Hospital em Illinois poderá começar a dispensar maconha medicinal

ChicagoA maconha medicinal em breve estará disponível para os pacientes de Illinois, nos EUA, que se qualificam para o programa de maconha medicinal de Illinois. Illinois tem um dos programas mais restritivos de maconha medicinal no país. Illinois recentemente adicionou epilepsia à lista de condições de qualificação. As regras em torno da distribuição de maconha medicinal em Illinois ainda estão sendo trabalhadas. Mas pelo menos um hospital, gostaria de dispensar a maconha medicinal, assim como fazem as lojas, chamadas dispensários. 

Hospital Aliança Sueca em Chicago, entende que até mudanças na lei federal acontecerem, eles provavelmente não serão capazes de dispensar a maconha medicinal.

"Enquanto não há nenhuma alteração na lei federal, não poderia prejudicar os serviços, tornando-se um dispensário ... mas não temos medo de fazer o barulho", disse Marcia Jimenez, diretora do hospital de assuntos intergovernamentais. 

Alguns hospitais têm tomado passos pequenos e limitados para trabalhar com maconha. Hospital de Lurie Children of Chicago, por exemplo, foi concedida a permissão federal para participar de um ensaio clínico de Epidiolex, um derivado da maconha não-psicoativo utilizado no tratamento de crianças com epilepsia grave

Isso me deixa triste saber que um hospital, que está no negócio de ajudar as pessoas doentes, não pode dispensar uma substância aprovada por causa da lei federal. O hospital pode dispensar fármacos prejudiciais durante todo o dia, mas a maconha é apontada por causa da postura política por parte do governo federal.

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Iniciativa de legalização da maconha no Oregon é qualificada e entrará em votação

legalização da maconhaAgora é oficial, Oregon pode se tornar o terceiro estado dos Estados Unidos a tornar a maconha recreativa legal, assim como aconteceu no Colorado e em Washington. 

Os eleitores terão a oportunidade de votar sobre a legalização da maconha novamente este ano. Oregon junta-se ao Alasca para a qualificação de uma iniciativa de legalização da maconha para a eleição de 2014. Estou esperançoso de que Washington D.C também vá qualificar, o que parece provável com base no número de assinaturas que apresentaram, então ainda este ano o país norte-americano pode contar com cinco estados onde a maconha recreativa será legalizada. A versão 2014 não terá os mesmos problemas de 2012, quando muitos problemas impediam o sucesso da qualificação.

O Secretário de Estado do Oregon certificou-se de que a campanha tenha arrecadado assinaturas válidas suficientes para qualificar o controle, regulação e tributação da maconha e da Lei de cânhamo industrial para a votação de novembro deste ano. 

"Este é o nosso momento de fazer parte da história e liderar um movimento", disse Dominique Lopez, organizador regional da Nova Abordagem de Oregon. "Tratar o uso da maconha como crime falhou, mas juntos podemos vencer uma abordagem mais sensata e melhorar a vida dos moradores do Oregon". 

O anúncio de hoje vem quase exatamente duas semanas depois do estado de Washington ter iniciado as vendas reguladas de maconha. Novos dados mostram que o estado de Washington recebeu 318.000 dólares em impostos especiais de consumo, nos primeiros 10 dias de vendas de maconha regulamentada. 

A medida proposta em Oregon permitiria o cultivo e venda de maconha licenciada e regulamentada. As vendas seriam tributadas para gerar dinheiro para as escolas, polícias estaduais e municipais e políticas de tratamento de drogas, prevenção e programas de saúde mental.

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Maioria dos defensores da maconha na Flórida é de habitantes idosos

idosos fumando maconhaTradicionalmente, um dos eleitores mais difíceis para convencer sobre a reforma da maconha para é o idoso. É importante chegar a este público, porque é também o grupo que vota e decide mais. Idosos cresceram aprendendo que a maconha é o mal, e por década após década, eles foram expostos a propaganda enganosa sobre maconha. Como resultado, muitos idosos em todos os EUA e mundo, assim como no Brasil, estão relutantes em apoiar a legislação e as iniciativas de maconha recreativa e até mesmo medicinal. 

Isso é uma coisa triste, porque os idosos se beneficiam mais de maconha medicinal que a maioria dos grupos, segundo pesquisas nos Estados Unidos. Não é nenhum segredo que, como as pessoas envelhecem, o seu corpo começa a sentir dores e dores, e dormir torna-se mais difícil, além de outras condições, como insônia. "Não é melhor ir dormir com um sorriso?" disse Sr. Platshorn, um dos idosos que estão na campanha a favor da legalização da maconha no estado da Flórida, nos EUA. 

A batalha para legalizar a maconha medicinal na Flórida tem sido feroz, e uma vez que a Flórida tem muitos idosos, o voto sênior vai ser vital para a vitória no dia da eleição. Parece que muitos idosos estão a bordo com a alteração 2, na Flórida, querendo legalizar a maconha medicinal.  

Cerca de 84% dos eleitores da Flórida que apoiam a iniciativa são maiores de 65 anos, de acordo com uma pesquisa da Universidade Quinnipiac realizada nesta primavera. Entre todos os eleitores, o apoio estava em 88%. Entre os eleitores - 50 a 64 anos de idade, 62% admitiu fumar maconha, mais do que qualquer outro grupo etário. 
 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics