sexta-feira, 7 de outubro de 2011

DEA invade fazenda de Maconha Medicinal

Keith Rogers possui uma propriedade no Estado do Oregon, no qual permitiu que 20 pessoas cultivasse a sua Maconha medicinal. No Oregon, o cultivo de Maconha Medicinal é liberado, portanto, Keith Rogers não estava fazendo nada contra lei.

No entanto, na impediu que agentes federais entrassem em sua casa, com posse de um mandando de busca e apreensão e fizessem uma verdadeira limpa em sua propriedade.

Segundo o corretor de imóveis, o ataque foi promovido pelo DEA (Eua Drug Enfoncerment Administration), que diz cumprir as leis federais dos Estados Unidos, que são contra o cultivo da Maconha Medicina, mesmo em Estados onde esta prática é legalizada.

No entanto, o Vice-Procurador-Geral James M Cole, assinou um memorando no que ele orienta os Federais a não fazerem ataques quanto aos pacientes de Maconha Medicinal, já que a acusação de tráfico significa venda de drogas ilegais.

Rogers afirmou que os agentes apreenderam 451 plantas de Cannabis, nos quais muitas estavam quebradas ou ainda muito pequenas. Rogers disse que o numero real é de 350 plantas.

2 comments:

Anônimo disse...

Governo estadual permite e o federal invade. Nós é que fumamos e eles que ficam tontos.

Anônimo disse...

Por essas e muitas outras loucuras ou atos psicopáticos, esquizofrênicos, é que a horrenda instituição chamada Estado está por um fio. 99% da população mundial não tá mais com saco de aturar 1% ('donos do mundo') cometendo suas insanidades mentais/espirutuais.

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Colaboradores

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics