quinta-feira, 5 de abril de 2012

A redução de danos é o caminho para o problema do abuso de substâncias entorpecentes


A proibição das drogas desde que pensada e passada ao mundo inteiro pelos Estados Unidos vem sendo muito mais prejudicial à sociedade do que a própria droga em si. Para analisarmos em linhas gerais, a cadeia do ciclo da proibição funciona da seguinte forma: os políticos por interesses escusos criaram a proibição das drogas, que por sua vez, criou os carteis, o narcotráfico e as batalhas sangrentas por pontos de vendas de substâncias entorpecentes.

Se você parar pra pensar e analisar, vai ver que a proibição das drogas normalmente desafoga nas classes de baixa renda e pessoas negras, causando um grande problema social principalmente em países emergentes como o Brasil. A política que se adota para proibir e coibir, acaba indo na contramão do que qualquer especialista prega quando o assunto é a recuperação de usuários de drogas. O estigma, a marginalização criada pela sociedade acaba afastando o usuário de droga de qualquer tipo de tratamento.

Nota-se nitidamente como nós, principalmente no Brasil ainda demonizamos e temos medo de tratar o problema de abuso de substâncias entorpecentes. Este ao contrário do que muitos pensam, devia sim ser um debate mais do que rápido, precisamos mostrar a todos que o conceito de redução de danos é mais saudável e menos prejudicial para a família brasileira. Não adianta reprimir, pois sempre vai ter alguém vendendo drogas ou comprando maconha, cocaína, lsd, ou qualquer outra droga, pois este é um mercado bilionário.

Talvez, quando a sociedade em geral perder todo este medo, daí sim possamos começar a ter mais credibilidade quando dizemos que a redução de danos é o caminho. A repressão só fez aumentar o derramamento de sangue. Em tempos violentos, como vivemos atualmente, creio que ninguém precisa de mais uma guerra, ainda mais contra as pessoas queridas que nós amamos, afinal, você proibicionista, já parou pra pensar que os fumantes de maconha são filhos, amigos, sobrinhos, netos, ou simplesmente uma pessoa que você gosta? Não seja ignorante, não dissemine a guerra, distribua a informação e aprenda a respeitar as liberdades individuais das pessoas. Legalize já, Brasil, e pare com esta guerra sem sentido!

1 comments:

Anônimo disse...

É duro mas é vero, disse tudo!
Postei umas infos num debate do portal terra e me censuraram, vou por aqui:

60 %

Este é o número de medicamentos que sofrerão a extinção com a liberação da cannabis, do pouco que sei sobre vendas de medicamentos, acredito que os mais vendidos vem a ser para combate dos seguintes males:
insônia
prisão de ventre
intestino nervoso
dores em geral
ansiedade
quimio e radioterápicos
falta de apetite
fontes diversas de ômegas
depressão
anti vomitantes- sei lá como s escreve
p baixa pressão ocular
posso estar redondamente enganado mas acho que a cannabis resolve esses males todos e mais alguns não mencionados e de brinde ainda pode oferecer o barato.
Os americanos querem sintetizar e vender o thc sem barato, esses caras ja fu... conosco financiando a chacina da ditadura desgraçada ensinando como nossos algozes a torturar e ferrar com nosso país e dos nossos vizinhos sul americanos e continuamos com os mesmos problemas daquele tempo mas os americanos ganham rios de dinheiro com o nosso suor, agora e sempre a maioria de nossos represententantes politicos ficam acreditando na paranóia dos americanos insanos e imitando os diabos de todo jeito, o povo é que paga por essa ignorância e falta de personalidade, quero ver o desenrolar dos próximos 10 anos, a realidade do que sempre foi esta se esfarelando diante de nossos olhos diariamente, a verdade se mostrando nua e crua e o universo dando a cada um segundo a suas obras.
Queremos PAZ Srs e Sras autoridades, por que nos negam esse direito e ficam torrando a o dinheiro dos impostos com aberrações do tipo perseguir, maltratar e processar usuários de qualquer tipo de droga? acham que isso vai dar em nada? pensam que ninguém sabe que só se usa droga porque o "Estado" não cumpre a função a que se destina e transforma a realidade do povo numa verdadeira droga? Se vossa Senhoria ainda tem preconceito deve buscar tratamento PSICOLÓGICO adequado e não continuar a matar o povo brasileiro, caso ainda não tenham percebido, os Srs e Sras estão cometendo CRIMES em nome de uma falsa moral e dizendo palavras vãs em nome da saúde do povo, prestem atenção, o tempo esta voando, o povo, assim como os srs e sras tem paciência e embora esta seja muito maior que as vossas, não são eternas, é uma pena que vcs deixam nosso belo Brasil se transformar neste inferninho sem fim,
Nós pagamos aos srs p isso???
O que lhes falta para dar fim a essa insanidade?
Considerem a legalização da cannabis como consideram os beneficios que lhes proporcionamos como povo que pode colocar no poder e também tirar aqueles que nos maltratam e nos matam com seus preconceitos inúteis e nocivos a vida alheia. Não caiam na ilusão de que tudo é eterno, agora ja é passado e as boas novas que estão chegando podem lhes atropelar de tal forma que não dê tempo nem de se reunir com vossa classe para ver como contornar os problemas q vcs mesmo criaram com suas indiferenças de décadas a fio, maconha é um santo remédio e vocês não tem o direito de colocar o povo em situação de risco porque americano acha q deve ser assim. Não sei o q os faz ser indiferentes ao povo que deveriam zelar e proteger inclusive combater o preconceito que esta minoria sofre com difamações de todo tipo, parece que vocês colocam mais lenha na fogueira, fumo ha mais de trinta anos e só não me sinto melhor porque vocês esfolam o povo de toda forma com leis que não promovem a justiça social e os faz ganhar dinheiro com o suor da minha cara, q sacanagem, ninguém merece... depois eu que fumo e lhes sustento é que sou o vagabundo né? tá bom...
Colombo, o do ovo.

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Colaboradores

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics