quinta-feira, 21 de junho de 2012

Estudo aponta que 10% dos portadores de fibromialgia se utilizam da maconha para fins terapêuticos


Mesmo que o governo federal dos EUA bata de frente com a Maconha medicinal, muito dos seus estados já a legalizaram e reconhece sua importância no tratamento de várias doenças. Um artigo publicado no jornal Arthritis Care & Research, do Colégio Americano de Reumatologia, afirma que 10% dos pacientes que sofrem com fibromialgia, fadiga e insônia – que também são causados por essa doença crônica- se utilizam da maconha medicinal para aliviar as fortes dores, causadas pela doença.

Enquanto especialistas acreditam que os canabinóides podem oferecer algum efeito terapêutico, eles alertam contra todas as auto-medicações.

Pacientes com FM - uma síndrome de dor crônica que provoca dores generalizadas, fadiga inexplicável, dores de cabeça, distúrbios do sono e outros sintomas somáticos - afeta até 3% da população e é mais comum em mulheres. A cannabis herbácea é um tratamento da dor usada há séculos, mas em tempos mais modernos tem sido utilizado principalmente fora da medicina convencional.

 Tratamentos farmacológicos para a dor de FM têm resultados modestos, dizem os especialistas, o que levou alguns pacientes a se automedicar com mais terapias não tradicionais, como a maconha. O uso da maconha em pacientes de fibromialgia realmente funciona e só não vê quem não quer.
Para o presente estudo, Dr. Fitzcharles e colegas documentaram o auto-relato de uso de canabinóides em 457 pacientes com FM.

A equipe de validação do diagnóstico de FM  investigou as associações e as tendências de auto medicar-se com maconha medicinal ou Cannabis; canabinóides prescritos, ou ambos. Os níveis de dor do paciente foram medidos utilizando a escala visual analógica (EVA),enquanto  a sua capacidade funcional foi avaliada com o Questionário de Impacto da Fibromialgia (FIQ),  além do que  um psicólogo avaliou todos os os pacientes que sofrem de FM para  atuais condições psiquiátricas, de acordo com o Diagnóstico e Manual Estatístico de Mental Disorder (DSM-IV). 

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Colaboradores

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics