quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Qual o melhor tipo de solo para se cultivar cannabis?

plantando cannabis e o tipo de soloSolos argilosos são notoriamente ruins por proporcionar uma drenagem inadequada. Eles podem formar o que, na verdade, torna-se uma camada intratável, onde a água só começa a formar piscina. As raízes, então, não têm acesso ao oxigênio e serão danificadas.

Solução: Antes de plantar, você deve cavar o solo. Os solos argilosos que têm quantidades substanciais de outros materiais podem ser otimizados em combinação com coisas como adubo, matéria orgânica fresca, areia, perlita, ou mix de plantio utilizado anteriormente. Às vezes você pode modificar argila quimicamente com coisas como gesso e enxofre, que vai quebrar a estrutura molecular densa do barro. Certifique-se de alimentar a sua planta de cannabis com nutrientes certos.

Os solos que são compostos principalmente de argila são muito difíceis de utilizar corretamente. Existem algumas alternativas, como a criação de uma cama levantada ou mesmo escavando a argila e trocando-a por um solo mais viável. Com covas de plantio, você provavelmente deve tentar encontrar uma camada permeável. Áreas que serão saturadas pela chuva durante períodos de crescimento exigem montículos ou canteiros para garantir que as raízes permanecem bem acima do nível da água.

Já os solos arenosos mantem como uma peneira. Na verdade, a água tende a escorrer corretamente através dos solos arenosos que exigem do produtor regar as plantas de cannabis várias vezes ao dia. Para aumentar a capacidade de retenção de água do solo arenoso , você pode adicionar adubo ou outro material vegetal em decomposição. Claro, isso pode envolver movendo uma quantidade substancial de material e pode não ser viável no longo prazo. Você também pode tentar cristais de retenção de água.

Irrigar as plantas de cannabis ao longo de um período prolongado de tempo, utilizando pequenas quantidades de água (gotejamento por exemplo). Isso proporciona um nível de umidade, por todo o solo. Regar as plantas de uma só vez incorre em um dreno quase completo, e o solo torna-se deficiente de água novamente. Talvez a solução mais simples, envolve a utilização de um recipiente de água de 2,5 litros com um espigão ajustável. Ajustar o espigão, de modo a fornecer um gotejamento lento, mas constante, que pode durar ao longo do dia. As quedas constantes não irão liberar apenas através do solo e eles vão manter a planta de cannabis nutrida.

Você também pode tentar cavar uma cova de plantio cerca de 18 polegadas ( 45 centímetros ) de profundidade. Em seguida, coloque de 3 a 6 polegadas ( 7-15 cm) bandeja de plástico ou um saco de plástico durável no fundo do buraco e encha-o com o solo. A bandeja ou saco irá fornecer uma espécie de reservatório subterrâneo para manter a água proveniente de drenagem muito rápida.

O ideal, é normalmente fazer uma mistura boa de solo, dependendo sempre da análise das condições climáticas nas quais você irá cultivar sua cannabis. Por exemplo, se é um local onde o sol é pleno e o calor seca o solo rapidamente, é bom ter um solo que retenha mais água, pois se usar só areia ela estará constantemente seca. Se é um local que chove muito, pode-se usar um solo com drenagem muito grande, para não reter muita água. Alguns bons produtos para se montar um solo são: Turfa, perlita, pó de casca de coco entre outros.

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics