terça-feira, 26 de junho de 2012

Ginasta é punido por testar positivo por maconha


O ginasta canadense Cory Marsh, 18 anos, foi punido com seis meses de suspensão e multa de US$ 1 mil (cerca de R$ 2 mil) por ter testado positivo para maconha em exame realizado no dia 18 de abril deste ano, durante o Mundial Junior de Lake Buena Vista, nos Estados Unidos.

A Comissão Disciplinar da Federação Internacional de Ginástica (FIG) anulou todos os resultados de Marsh na competição em questão. Segundo o site Canada.com, o assessor de imprensa da FIG, Philippe Silacci, disse que, na ginástica, houveram pouquíssimos casos de doping com maconha nos últimos 20 anos.
Recentemente, a FIG apelou à Corte Arbitral do Esporte (CAS) para contestar a suspensão de dois anos em casos de maconha, imposta pela Agência Mundial Antidoping (Wada, em inglês).

A FIG usou como argumento o caso de um atleta russo para provar que a maconha não aumenta o desempenho de ginastas, e que uma punição de dois anos era severa demais. A suspensão então foi reduzida para seis meses.

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics