sábado, 18 de agosto de 2012

Maconha Medicinal: a cura em nossas mãos


 Falar sobre Maconha Medicinal hoje em pleno século XXI ainda é um tabu. Temos a cura em nossas mãos,mas a sociedade moderna não dá seu verdadeiro valor, tratando o assunto com preconceitos e proibições.  A cura de vários males através das plantas e ervas encontradas na natureza (in natura), há milênios vem ajudando a humanidade a tratar várias doenças.

A Maconha Medicinal vem sendo estudada e pesquisada por meio de experimentações em animais, onde se quantifica os efeitos dos extratos da planta, demonstrando que os princípios ativos da Canábis possuem atividades antipsicóticas, ansiolíticas e motoras. Em descobertas mais recentes, seus efeitos terapêuticos na esquizofrenia, ansiedades, depressão, epilepsia, stress, câncer, HIV, hepatites e desordens motoras como o mal de Parkinson ficam cada vez mais nítidas.
   
Apesar de todos os esforços de pesquisadores, cientistas, usuários e simpatizantes para demonstrar os benefícios da Maconha Medicinal, esbarra-se num enorme preconceito e resistência das autoridades e da sociedade em  geral. Com a proibição, os lucros da venda controlada em dispensários - que poderiam ser revertidos em benefício de usuários dependentes de drogas consideradas pesadas, como a cocaína, crack e heroína - acabam indo para os narcotraficantes, que detém o monopólio da maconha.     

A resina (THC) possui várias propriedades medicinais, que já foi usada por diversas civilizações. Existe hoje um movimento mundial em prol do cultivo caseiro para consumo próprio, que coloca o usuário fora do circuito do tráfico e que vem se fortalecendo e colocando a Canábis no lugar de destaque que ela merece.

 Com o crescimento da vertente terapêutica da maconha, aumenta-se os relatos de pessoas que obtiveram uma expressiva melhora no tratamento de doenças com ajuda da Maconha Medicinal, mostrando todo um poderio que poderia ser utilizado na medicina moderna.
   
A Cannábis Sativa existe antes de nós seres humanos habitarmos este planeta, e com certeza sobreviverá por muito mais tempo.Devemos ter a consciência de prestar nossa humilde contribuição para ajudar a perpetuar esta espécie tão valiosa para o planeta e também para nós seres humanos.

(TEXTO ESCRITO POR L.C.D, NO I CONCURSO DE REDAÇÃO CANÁBICA DO BLOG MACONHA DA LATA)

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Colaboradores

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics