terça-feira, 21 de agosto de 2012

Mujica assinala uma possível terceirização no mercado da maconha


Desde que foi anunciado, o projeto de descriminalização da maconha no Uruguai está criando polêmicas. Desta vez, o anuncio de José  Mujica em terceirizar o comércio, assim como é feito com o álcool, sinalizou que o país está em busca de uma legislação menos agressiva contra a maconha.

A nova medida chamou atenção justamente por ter a novidade de uma possível terceirização deste mercado, que a princípio seria controlado pelo Estado. Contudo, Mujica explica que o Estado continuaria a controlar a produção da maconha, porém, estabelecimentos credenciados poderiam comercializá-las, como é feito com a cerveja, em bares, por exemplo.

“Uma empresa privada é que vai vender a maconha, sob um controle rigoroso de normas adotadas pelo governo, tal como ocorre com as bebidas alcoólicas “, afirmou Andrés Oppenheimer, jornalista argentino da CNN.

Oppenheimer ainda confirmou que o presidente do Uruguai, José Mujica, o confidenciou que em último caso, poderia considerar um modelo em que o governo não ficasse com a responsabilidade de vender e tramitar a maconha.

O jornalista ainda revelou que Mujica se mantém firme na posição de que a maconha vai ser vendida apenas para uruguaios, evitando assim o turismo de pessoas adeptas da Cannabis Sativa.

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics