sábado, 17 de novembro de 2012

Deputado propõe a legalização da maconha no México


A legalização da maconha é um tema atual e que merece respeito, já que tirar esta droga da ilegalidade é paralelamente combater o narcotráfico, principalmente em países em que os carteis de drogas têm grande influência. 

Não só nos países europeus, aqui na América Latina já se começa a também pensar em medidas mais eficientes e mais humanas para combater o abuso de entorpecentes a não ser a sangrenta “guerra”.

Esta semana, tivemos mais uma prova clara desta mudança de paradigma, já que O deputado de uma das principais forças políticas no México, Fernando Belaunzaran, propôs legalizar o cultivo e venda de maconha no país, como estratégia de enfraquecimento aos carteis de drogas.

O membro do parlamento propõe permitir que aos mexicanos tenha em casa até cinco plantas de cannabis, além de legalizar a venda de maconha sob o estrito controle das autoridades. Ele acredita que isto permitirá eliminar o mercado negro de maconha.

Anteriormente, em 2009, a lei mexicana já foi alterada para suavizar a responsabilidade por posse de drogas. Em particular, os mexicanos têm o direito de possuir e transportar 2 gramas de ópio, 50 mg de heroína, 5 gramas de maconha, 500 mg de cocaína, 40 mg de metanfetamina e 0.015 mg de LSD.

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics