sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Tenista lamenta não poder fumar maconha


A vitória de Ernests Gulbis sobre o local Robin Haase no ATP 500 de Roterdã, na Holanda, surpreendeu muita gente - menos o próprio tenista, que está convicto que em 2013 fará uma das melhoras temporadas da carreira. Atualmente número 132 e com uma meta ambiciosa - chegar ao top 20 do ranking da ATP - ele explicou o que está fazendo para alcançar o objetivo estipulado.

"Larguei muita coisa na minha vida. Cigarro, bebida, ficar acordado até muito tarde. Estou treinando mais. Então está dando certo. Eu acho que vou entrar no top 20 esta temporada, com certeza. Tudo depende das circunstâncias. Aconteça o que tiver que acontecer. Se você trabalha duro, os resultados aparecem", declarou Gulbis.

Para se preparar para a competição, o jogador abriu mão de disputar o Aberto da Austrália e preferiu estender a pré-temporada. Polêmico, o tenista também comentou sobre a Holanda, país sede do torneio. 

"Eu gosto que aqui a maconha é legalizada. Mas infelizmente nós jogadores não podemos fazer isso. Somos checados toda semana. Porém, gosto da maneira de pensar".
Em 2011, Gulbis ocupou o 21ª lugar no ranking mundial de tenistas profissionais. Para provar que está mesmo em busca do top 20, o atleta tem um confronto difícil na próxima fase da competição de Roterdã. Nesta sexta, ainda pela oitavas de final, terá pela frente Juan Martín Del Potro.

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics