segunda-feira, 18 de março de 2013

Deputado de Nova York que votou contra legalização é preso com maconha


Quando se fala na proibição da maconha, obviamente percebemos que ela se da devido a hipocrisia, racismo e questões econômicas, sendo que falar que a maconha é proibida porque faz mal é a maior falácia de todos os tempos, que faz parte de várias inverdades que perpetuam até os dias atuais. A prova de que a hipocrisia impera na sociedade quando o assunto é a maconha foi um fato inusitado que ocorreu nesta semana, já que um deputado estadual republicano de Nova York que votou contra a legalização do uso medicinal da maconha há dois anos foi detido nesta quinta-feira por posse de cannabis.

O republicano Steve Katz foi detido por uma patrulha de trânsito por excesso de velocidade em uma estrada nos arredores de Albany, a capital do estado, quando o agente detectou um forte cheiro de maconha em seu veículo.

"Katz cooperou com o policial e entregou uma bolsa de maconha", confirmou a porta-voz da polícia estadual, Darcy Wells. O deputado foi autuado e responderá por crime de posse ilegal de drogas, segundo o jornal New York Post.

Katz deverá se apresentar ao tribunal no próximo dia 28 de março. O deputado foi eleito em 2010 com o apoio do Tea Party, a ala mais radical do Partido Republicano, e um ano depois votou contra a legalização do uso medicinal da maconha.

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics