sexta-feira, 26 de abril de 2013

Universidade de Washington propõe plano para venda de maconha


O estado de Washington e Colorado revolucionaram e legalizaram a venda de maconha para maiores de 21 anos. Nos Estados Unidos, 18 estados mais o distrito de Columbia permitem o acesso a programas de maconha medicinal.

Ajustando-se ás novas regras de venda de maconha, a Universidade de Washington propôs um novo modelo para resolver a questão da cobrança de impostos sobre a comercialização de Cannabis.

De acordo com a Receita do país, tais comerciantes são taxados pelo preço final do produto, e não a partir do valor descontado de despesas, como os demais vendedores, porque se enquadram na categoria de comerciantes de substâncias controladas, como remédios, segundo a lei tributária norte-americana.

A ideia de Leff é que os vendedores de maconha do país operem como "organizações de bem-estar social sem fins lucrativos". Para validar a isenção tributária, o professor diz que as organizações teriam que funcionar com o propósito "do bem comum das vizinhanças e comunidades".

No documento, o docente lembra que atualmente muitas organizações sociais funcionam em bairros pobres promovendo empregos e capacitação profissional em prol do desenvolvimento econômico.

No caso dos comerciantes de maconha, as organizações de bem-estar social operariam de forma a melhorar as condições de uma vizinhança arruinada pela justamente pela venda ilegal da maconha, que com a proibição gerava muita violência.

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics