sexta-feira, 7 de junho de 2013

UFC muda a forma como irá testar uso de maconha


leis sobre maconhaO UFC decidiu seguir o exemplo da Agência Mundial Anti-Doping e mudar a forma como ele testa os lutadores por uso de maconha. Em lutas internacionais onde o UFC atua como uma comissão, os níveis de detecção estará em um patamar mais elevado. A comissão, no Brasil também decidiu mudar o seu limite, o que significa que um lutador vai ter que ter consumido mais maconha para apontar como positivo.

Marc Ratner, vice-presidente de assuntos regulatórios do UFC, falou sobre a mudança em uma reunião da Comissão Atlética do Estado de Nevada. De acordo com o MMA Junkie, ele também incentivou a NSAC para mudar seus níveis. Atualmente, as comissões estaduais decidir os seus próprios níveis de lutas. Nevada, no entanto, é um dos principais estados na regulação do MMA. Se ele muda o seu limite, outros estados provavelmente tendem a seguir.

Recentemente, o UFC teve de lidar com vários lutadores que testaram positivo para maconha. Pat Healy perdeu US $ 130.000 em bônus para um teste positivo após o UFC 159. Matt Riddle teve dois aspectos positivos e foi cortado do UFC após o segundo. Alex Caceres também testou positivo em março. Com a mudança de atitudes e leis nos Estados Unidos sobre a maconha, os lutadores sendo punidos por uso de maconha fazia pouco sentido.


0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics