quarta-feira, 31 de julho de 2013

Por que a indústria da maconha medicinal é contra a legalização completa

legalização maconha - dispensários de maconha medicinalNas últimas eleições nos EUA, o país ganhou muito com a legalização da maconha, em dois estados recreativos e em vários outros medicinal, que já acontece há algum tempo.

Mas novas pesquisas mostram uma divisão de ideias dentro do grupo de defensores da maconha, pois em qualquer um dos gêneros, medicinal ou recreativo ainda existe a luta contra as leis federais, que ainda classificam a maconha como substância proibida.

Mas acontece que no grupo dos donos de dispensários de maconha medicinal, existe um interesse financeiro enorme em legalizar apenas a maconha medicinal, deixando o mercado de venda completamente nas mãos desses empresários.


O temor dessas pessoas é de que com a legalização da maconha para uso recreativo, as lojas que venderão esse produto, que tem uma exigência de qualidade menor do que a maconha medicinal, e consequentemente é mais barato, poderão vir a "roubar" seus clientes, que irão comprar uma maconha de preço muito abaixo das medicinais, e provavelmente pouco se importando com a qualidade de controle rigoroso, desde que o sabor e aroma de seus buds estejam bons.

Desde que a Califórnia legalizou o uso de maconha medicinal a indústria desse ramo explodiu e se espalhou rapidamente, isso se deve ao virtual monopólio da maconha medicinal sobre os direitos de venda legal da maconha, sem ter concorrência. O que iria acabar logo que legalizasse a erva para venda destinada ao uso recreativo.

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics