quinta-feira, 15 de maio de 2014

Bermuda pode legalizar cannabis medicinal e descriminalizar posse de maconha

paraíso fiscalUm relatório feito pelo governo de Bermuda, aprovou a legalização da maconha para fins medicinais e descriminalizar o uso pessoal da droga.

O relatório da Cannabis Reforma colaborativo , que começou a rever as leis de drogas no território ilha britânica em dezembro, concluiu que os processos por crimes não violentos relacionados com a maconha estão sobrecarregando o sistema de justiça criminal e de forma desproporcional como alvo populações não-brancas e imigrantes.

Eles querem legalizar a maconha medicinal para pessoas com idade a partir de 21 anos, e também querem subir a idade para consumo de bebida alcoólica de 18 para 21 anos, assim tratando as duas substâncias da mesma forma.

O relatório conclui que a maconha está "ganhando destaque global" como uma substância medicinal e apela ao governo para permitir imediatamente o seu uso com receita médica.

O ministro da Segurança Nacional Michael Dunkley apresentou o relatório da Reforma da Cannabis Colaborativa na sexta-feira à Assembleia Nacional e instou os legisladores a considerarem as suas recomendações.

Bermuda, um centro financeiro no Caribe do tipo "paraíso fiscal" e um local de férias de milionários e bilionários do mundo inteiro, com uma população de cerca de 65.000, tem uma sociedade conservadora socialmente, mas Stratton Hatfield, o presidente da Reforma da Cannabis Colaborativa, disse que acredita que há um forte apoio da opinião pública para a mudança de leis de drogas no local desde 1972.

"Não há dúvida de que o mundo reconhece que a nossa abordagem de guerra às drogas e redução da oferta falhou", disse ele em uma entrevista segunda-feira. " A guerra contra as drogas não tem feito nada, mas paralisa as comunidades. "

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics