sexta-feira, 27 de junho de 2014

Relatório após seis meses de legalização da maconha no Colorado

Imprensa de Teleconferência dos EUA estudou o impacto da nova lei de legalização da maconha no Colorado sobre: ​Taxas criminais, prisões por maconha, a economia, normas de segurança, Outras leis estaduais e mais

Todos os olhos estão sobre o Colorado para avaliar o impacto da lei de legalização pela primeira vez no país, permitindo o uso pessoal de maconha para fins recreativos, que entrou em vigor em janeiro. (Washington aprovou uma lei semelhante, mas ainda não foi iniciada a implementação.) 01 de julho marcará seis meses desde que Alteração 64 entrou em vigor. Nesse meio tempo, o que vem acontecendo com os índices de criminalidade, prisões por maconha, a economia e segurança no trânsito? O que está funcionando e o que não está?

O que sabemos até agora: De acordo com o departamento do estado da receita, nos primeiros quatro meses de vendas legais de maconha resultaram em $ 10,8 milhões no imposto. Cerca de 1,9 milhões de dólares dos US$ 40 milhões, irão para melhorar as escolas do Colorado.

Houve também uma diminuição de 5,2% na criminalidade violenta desde o ano passado, neste momento, em Denver. E, de acordo com o Centro do Colorado em Direito e Política, através da remoção de sanções penais por porte de maconha, o Estado poderia economizar entre US $ 12 a US $ 40 milhões em um ano.

Sem contar o altíssimo valor que deixa de ser gasto proibindo a maconha, deve-se considerar os lucros que o comércio da erva gerou, o que não foi nem um pouco baixo, então sem dúvida Colorado foi o estado norte-americano que mais cresceu economicamente nesse ano de 2014.

Será que a lei da legalização do Colorado ter um efeito cascata sobre o resto da nação e do mundo?
Maconha

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics