sábado, 3 de dezembro de 2011

A cidade de Toronto começa a investigar os impactos causados pelos chamados Vapor Lounges

A Câmara Municipal da cidade de Toronto, no Canadá, aprovou um moção para que se inicie uma investigação sobre os impactos que causam na cidade as chamadas “Vapour Lounges”, que são lojas no qual a pessoa pode consumir maconha ou qualquer outro tipo de erva alugando o vaporizadores e uma infinidade de outros acessórios.

O conselho da Câmara Municipal pede que seja feita um revisão abrangente para que se investigue a legalidade e o impacto sobre os indivíduos e a comunidade de usuários que se utilizam desses salões públicos para se utilizar da maconha.

Atualmente toda a Cidade de Toronto possui uma série de empresas que estão sendo licenciados como cafés ou negócios semelhantes, mas que se apresentam-se como Vapor Louges.

Contudo, residentes nas comunidades locais estão preocupados quanto ao estabelecimento e licenciamento desse mercado, que estão aumentando rapidamente por todas as cidades do Canadá, e em muito dos casos não são considerados favoráveis ​​por muitos, de acordo com a intenção de anti-tabagismo da legislação vigente.

"Estou orgulhoso da ajudar a colocar pra o que eu criei, que é o conceito de Vapor Lounge." Disse, Chris Goodwin, diretor de "Lounge Vapor Toronto Original".

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Colaboradores

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics