quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Growers continuam sendo presos, até quando?

Mais uma vez a mídia conspira contra os Growers. Na tarde de ontem, a polícia invadiu uma casa no centro de Alfenas, onde foi encontrada uma pequena plantação de maconha. Dentro do imóvel foi encontrado um casal de jovens que fumavam maconha no momento da invasão policial. Para começar o dono da plantação era um estudante de 22 anos e que possuia emprego. Erroneamente, mais uma vez a polícia enxergou o caso como tráfico de drogas. Para a polícia o artigo 28 parece não existir :  

Quem adquirir, guardar, tiver em depósito, transportar ou trouxer consigo, para consumo pessoal, drogas sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar será submetido às seguintes penas:
I - advertência sobre os efeitos das drogas;
II - prestação de serviços à comunidade;
III - medida educativa de comparecimento a programa ou curso educativo.
§ 1o Às mesmas medidas submete-se quem, para seu consumo pessoal, semeia, cultiva ou colhe plantas destinadas à preparação de pequena quantidade de substância ou produto capaz de causar dependência física ou psíquica.


O que mais me chama a atenção são como esses policiais, sem ao menos terem prova da comercialização da maconha, simplesmente jogam a constituição brasileira às traças e enquadram usuários – que preferem sair do ciclo da criminalidade e cultivar a sua própria maconha- como traficantes. O pior de tudo é que muitos desses seres fardados, que se acham acima do bem e do mal, aparecem nos veículos de comunicação em massa para falar bobeira. Insinuam com a maior cara de pau que a casa era um verdadeiro laboratório de maconha, quando na verdade apreenderam um armário, com algumas lâmpadas fluorescentes. Que tipo de traficante pode ser esse, que escreve pelas paredes “não compre, plante”, uma frase tão conhecida pelos ativistas da maconha? Será mesmo que um traficante iria incitar os seus “clientes” a plantarem a sua própria maconha e assim deixar de comprar a mesma nas mãos dele?

Me chama muita a atenção também quando a TV e outros veículos de comunicação soltam frases como esta : “foram encontrados cerca de nove pés, de varias qualidades, macho, fêmea, Skank,  além de vários objetos usados para fumar a erva, como maricas.” Primeiro porque esta frase não faz nenhum sentido. Desde quando macho e fêmea se tornaram diferentes qualidades de maconha? Desde quando portar maricas (objetos para fumar maconha) é crime? Se for crime, podemos começar a fechar e a enquadrar como traficantes todos os donos de Head Shops que existem no Brasil. Prender hippies que vendem cachimbos. Lembrando que existem Head Shops nesse país que já estão na sua segunda década de vida. Ora essa, quanta paspalhice, senhores editores!  

Agora, o que me deixa mais chateado é saber que eu não posso exigir muito da policia. O que eu posso exigir de seres que se tiverem muito, salvo algumas exceções, foi o ensino médio completo? A verdade é que a maioria dos policiais que estão nas ruas são verdadeiros analfabetos funcionais. Se alguém tem dúvida, pegue qualquer boletim de ocorrência (BO) e poderá ver o grau de alfabetização dessa categoria.

E pra piorar, não podemos crer que o alto escalão da polícia queira “soldados pensantes” , querem apenas mais boçais maleáveis para continuarem a sustentar o sistema corrupto. Todos sabemos a quem a proibição da maconha beneficia. Como dizia meu bom e querido professor de jornalismo, que já foi chefe de algumas das redações mais famosas do Brasil, como Folha de São Paulo e  o Estadão: “ A  polícia é o órgão repressor do Estado e quem ainda comanda a polícia brasileira são várias pessoas que fizeram parte ou apoiaram as ações do DOPS, no vergonhoso regime militar, você queria que eles agissem como com nós, simples cidadãos desprovidos de uma arma de fogo?" 

1 comments:

Anônimo disse...

Para as ditas autoridades policiais e governamentais tudo é tráfico pois é o argumento para corromper e exigir suborno e dinheiro para não levar preso. Eles gostam disso, vivem disso se beneficiam com isso levam a parte deles em cada achado, pois muitos também usam ou revendem sem o menor respeito com a própria lei. E nos como simples cidadãos, eu tenho 55 anos e fumo desde os 15 anos, sei de todas as falcatruas que envolve este assunto. Temos que ver e viver com esta ameaça ano após ano até quando vamos ter que aguentar esta maldição, pelo simples fato de fumar uma planta que na natureza existe a milhares de anos e que eles nunca vão conseguir exterminar é uma luta infinda, milhões são gastos com medidas totalmente erradas so para que possa haver desvios de verbas. Pois a Maconha sempre vai existir, todos moreremos, inclusive eles e a Maconha vai continuar sobre a face da Terra, pois a Deus pertence a natureza e não aos homnens. Tudo pela legalidade, quem é tão imbecil de comprar se pode plantar, este é meu lema.

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Colaboradores

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics