terça-feira, 15 de maio de 2012

Segundo estudo, Maconha reduz espasmos da esclerose múltipla


Um estudo publicado nesta segunda-feira (14) na revista da Associação Médica do Canadá ("CMAJ") mostrou que o uso de maconha alivia a espasticidade e a dor nas pessoas que sofrem de esclerose múltipla.

O estudo, realizado por pesquisadores da Escola de Medicina da Universidade da Califórnia em San Diego, analisou 30 pacientes com uma idade média de 50 anos dos quais mais da metade necessitavam de ajuda para caminhar e outros 20% utilizavam cadeira de rodas.
"
Embora geralmente bem tolerada por nossos pacientes, a maconha fumada esteve acompanhada por agudos efeitos cognitivos", acrescentou a médica. Os pesquisadores indicaram que são necessários mais estudos de longo prazo para confirmar as descobertas "e determinar se doses menores podem ter efeitos benéficos com um impacto cognitivo menor".

Porém, o estudo também apontou que em outras pesquisas centradas nos efeitos da cannabis administrada oralmente na espasticidade relacionada com a esclerose múltipla, "qualquer redução da espasticidade foi geralmente observada em classificações subjetivas".

Os resultados indicam que o grupo de pacientes que fumou maconha experimentou uma redução na escala Ashworth de quase um terço (2,74 pontos) em comparação com o grupo que utilizou um placebo. Além disso, as pontuações de dor foram reduzidas em torno de 50%.

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Colaboradores

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics