quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Maconha deve ser consumida com moderação e responsabilidade


Quando se fala em proibição da maconha, logo sabemos que é um tema muito polêmico. Contudo, gostaria de fazer um paralelo com o Surf, um esporte dominado pelos havaianos, que desperta sensações inigualáveis aos seus praticantes.

Para se praticar o Surf, primeiramente se deve ter um equipamento adequado, que parte de uma boa prancha. Com esta ferramenta, você consegue com toda a certeza obter uma mudança na sua diversão, contudo, para que você consiga usar todo o potencial desta prancha, com toda certeza você vai precisar de conselhos, técnicas para que se possa praticar as novas habilidades, sendo que você pode abusar ou não do uso desta ferramenta.

Você pode estar se perguntando qual o paralelo entre maconha e surf, e eu vos digo, que quando falamos da maconha, acontece a mesma coisa, já que esta substância tão polêmica pode ser usada com responsabilidade ou abusada de forma irresponsável, o que não justifica a sua proibição.

A maconha, como qualquer outra substância psicoativa, pode sim ser vista como uma ferramenta de potencial para o uso até mesmo medicinal, como também para o abuso. Porém, vale frisar que o medo da população sobre a maconha, faz com que muitos se percam apenas nos riscos causados pelo abuso do fumo da cannabis.

Continuando a colocar a maconha como uma espécie de ferramenta, vemos que podemos sim, de maneira responsável, se beneficiar das  coisas boas da maconha. Por exemplo, muitos escritores gostam de fumar seu cigarrinho de maconha para ajudar na questão criativa, mas ao mesmo tempo em que ele consome a maconha, ele sabe justamente a quantidade ideal  a ser consumida que não vai o prejudicar em sua atividade. E este paradigma é constantemente notado em usuários de maconha mais experientes.

Assim como no surf, não podemos achar que vamos aprender o esporte e amanhã já estaremos surfando as ondas gigantescas do Havaí. Com a maconha, acontece a mesma coisa e precisamos aprender a respeitar os limites de nosso corpo e a usá-la de forma benéfica, pois só assim, vamos poder combater a desinformação global quando o assunto é a tão falada maconha!

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Colaboradores

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics