quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Polysom lança dois vinis do Planet Hemp


O Planet Hemp tem feito alguns shows pelo país, matando a saudade dos fãs e revivendo os momentos gloriosos da banda. Meio a isso, a gravadora Polysom prepara dois vinis de dois CDs da banda:  o “Usuário” (1995) e “Os Cães Ladram mas a Carvana não Pára” (1997). Licenciadas pela Sony Music, as edições sairão em vinil de 180 gramas e com as artes originais.

Além das letras defendendo a legalização da maconha, o Planet Hemp chamou atenção pela curiosa fusão de gêneros; faziam um rock com muita influência do rap, funk, hardcore e psicodelia. O vocal do carismático Marcelo D2 ganhava força ao lado de BNegão, que dividiu os vocais no primeiro disco, os riffs da guitarra de Rafael Crespo, que davam o tom roqueiro, e da potente cozinha que tinha o baixo de Formigão e a batida perfeita de Bacalhau.

Fora os integrantes oficiais, o DJ Zé Gonzales e o vocalista Black Alien participaram de “Usuário” (1995), coroando o álbum de estreia, que teve os hits “Legalize Já” e “Mantenha o Respeito” e tornou o Planet Hemp conhecido em todo o país.
Em “Os Cães Ladram mas a Caravana não Pára” (1997) o Planet Hemp apresentava mais um álbum inovador, acrescentando uma clara influência de samba e bossa nova. Puxado pelo hit provocativo 

“Queimando Tudo”, a banda carioca ampliou o sucesso vendendo mais de 250.000 cópias.
Um dos grupos que deu a cara dos anos 90, de volta ao melhor formato para apreciação de seus graves e nuances sonoras; o vinil. “Usuário” e “Os Cães Ladram…” serão lançados em outubro pela Polysom, dentro da série “Clássicos em Vinil”.

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics