terça-feira, 30 de outubro de 2012

A maconha precisa ser legalizada


A descriminalização da maconha é um tema recorrente na modernidade. Em vários locais já se permitem que a cannabis seja consumida e comprada dentro da legalidade, evitando assim que os seus utilizadores sejam colocados no ciclo da criminalidade. Uns lugares no entanto, preferem descriminalizar se utilizando de licenciamentos  para uso medicinal da maconha, enquanto outros recorrem aos clubes de cannabis.

De fato não existem razões para proibir a maconha. A questão é muito mais racial, econômica e xenófoba, do que qualquer outro tipo de falácia que foram espalhadas e perpetuam até hoje. Em comparação com qualquer outra droga e legalizada por exemplo, como o tabaco e o álcool, a maconha se mostra muito menos ofensiva.

É de extrema importância que quando discutimos o uso das drogas, temos que analisar primeiramente a ofensividade que tal substância causa ao indivíduo, e a maconha tem um menor grau de ofensividade até mesmo que a maioria das drogas populares e vendida nas farmácias, como a famosa aspirina.

A descriminalização da maconha não afeta apenas os usuários, mas a todo o sistema, já que dentro do tráfico de drogas existe correlatamente corrupção, tráfico de influências, poder, disputa de comando, além de políticos e pessoas de alto escalão, que ganham uma fortuna diante da venda de drogas ilícitas.

A regulamentação do consumo e da produção da maconha é a solução cabível e mais humana para tratar a questão, pois a repressão, mediante a legislação atuante em vários países proibicionistas vem trazido apenas a carnificina e o aumento do poderio bélico dos cartéis de drogas, que financiam suas atividades ilícitas em grande parte pela venda de drogas.

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics