domingo, 18 de novembro de 2012

Um remédio tarjado por preconceito



É com grande tristeza que vejo a tal da Guerra às Drogas fazendo aniversário e nada sendo feito a favor da maconha no Brasil. 


Felizmente estamos começando a ver os pauzinhos sendo mexidos na América Latina, em países como México e Uruguai já pensando em mudanças em relação à droga.

Ouço muitas pessoas dizendo, que tem que reprimir mesmo, e dar porrada em maconheiro, coisa e tal. Isso me entristece, pois já ouvi isso de uma pessoa cuja mãe estava passando por processo difícil de tratamento contra o câncer, a quimioterapia destruindo a mãe dessa pessoa, e nenhum remédio farmacêutico ajudando-a com os enjoos e dores no corpo, ao invés disso apenas danificando seu rim e fígado. Essa pessoa ao invés de ver a maconha como um remédio, como uma saída para sua tão amada mãe, via apenas como um ato criminoso, pura questão de tarja. A maconha foi colocada dessa forma para ela na infância, provavelmente pela própria mãe.

Mas o pior é quando perguntei, o motivo pelo qual ela acha que a maconha tem que ser reprimida, e o que ela sabe sobre a erva. A resposta não é de se espantar, ela simplesmente não sabe nada sobre Cannabis, nunca viu, nunca sentiu o cheiro, nunca fumou, apenas sabe o nome.
Triste ver que em pouco tempo, do jeito que as coisas andam, a maconha pode ser legalizada e aí sim essa pessoa passar a ter informações absorvidas, e ver que é um dos medicamentos mais eficazes no auxílio do tratamento contra o câncer, e pode ser tarde demais para ajudar sua mãe. 

Esse é apenas um caso de vários outros que vejo e me entristecem, uma vez que essas pessoas que estão alí condenando poderiam estar sendo beneficiadas pela erva milenar,  a maconha, seja em tratamentos como insônia, náuseas, escleroses, cefaleias, dores musculares, falta de apetite, enfim, para uma infinidade de tratamentos, mas ao invés disso estão dizendo besteiras que fogem da verdade. É falta de conhecimento? Sim. É perda de tempo e até de vidas? Sim. Mas infelizmente é assim que funciona o ser humano, tem que ver o quanto errou para começar a acertar.

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics