segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Prefeito de Amsterdã volta a defender a venda de maconha para turistas


Os famosos coffeshops holandeses sempre foram um grande atrativo para os turistas holandeses. Contudo, há alguns meses existe uma grande polêmica em torno destes estabelecimentos, uma vez que algumas cidades do país, principalmente as localizadas ao sul, tem querido extinguir a venda de maconha e haxixe para turistas.

Dentro da polêmica, algumas cidades como é o caso de Amsterdã, não aderiram a esta nova regulamentação, que pretende vender maconha apenas a cidadãos holandeses que possuem o Weed Pass.

Diante desta questão, não é apenas o prefeito da capital holandesa, Eberhard van der Laan, que não quer a proibição, já que a cidade consegue gerar um grande número de receita, justamente pelos turistas que vão em busca dos coffeshops, mas também os moradores e envolvidos com este estabelecimento.

"Trabalho aqui há muitos e muitos anos, nem sei quantos. Sempre tem um ou outro baderneiro, mas maconha e estrangeiros nunca foi uma combinação problemática", afirmou uma funcionária que trabalha no coffeeshop Bulldog, primeiro estabelecimento deste tipo e que abriu suas portas em 1975, na Red Light District – bairro famoso também pela tolerância com a prostituição.

O argumento da prefeitura para contrariar uma decisão do governo nacional é de que as restrições para os turistas provocariam um aumento da criminalidade em Amsterdã. "Com a exclusão dos turistas, todos os benefícios do sistema de coffeeshops seriam anulados", argumentou Van der Laan. De acordo com a prefeitura, esses benefícios seriam evitar desordem pública e o tráfico de drogas e ter mais controle sobre a qualidade das drogas leves e também sobre a idade dos consumidores.

 O prefeito afirma ainda que a venda de drogas para estrangeiros seria um problema nas regiões fronteiriças, mas não na capital. "Franceses, alemães e belgas cruzam a fronteira para comprar drogas leves porque é proibido nos seus países. Não é o caso de Amsterdã, onde o consumo de drogas leves é apenas uma das atividades dos turistas", diz o comunicado distribuído no dia 1º.

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics