sexta-feira, 15 de março de 2013

Fibras de cânhamo ganha espaço no setor têxtil


Uma das utilidades da fibra da Cannabis é no setor têxtil. Com a fibra natural mais longa e mais durável existente, o cânhamo é uma ótima alternativa na produção de roupas pois não degrada com o tempo, podendo ser lavada e mantendo-se nova. Afirma-se que quanto mais usada, mais confortável a roupa feita de cânhamo industrial fica.

O tecido do cânhamo absorve o calor, comprovando o seu conforto e bem-estar tanto em roupas para vestimenta quanto em roupas de cama. Roupas feitas de algodão duram anos menos que roupas feitas de cânhamo devido aos fatores citados acima, como a durabilidade da fibra. A roupa de cânhamo se adapta ao ambiente, por exemplo, quando está mais frio, o ar que fica preso nas suas fibras é esquentado pelo calor do corpo, mantendo a roupa quente.

Empresas no exterior já fazem uso da fibra do cânhamo, e esta tendência já está sendo seguida por diversos países, os Estados Unidos, percursores da repressão desde o início, hoje esbanjam do direito de produzir roupas e outros produtos derivados do cânhamo e antes que qualquer empresa brasileira tenha a chance de se adaptar a nova tendência, produtos já estão sendo importados para o Brasil.

A China sendo a maior exportadora de produtos derivados do cânhamo, entre diversos outros países. A pressão vem de todos os lados, e o Brasil próspero e progressista, mas muito ignorante no assunto fica para trás. No exterior, a fibra de cânhamo já ficou conhecida como a "super-fibra" e já é usada por diversas empresas de peso como: Calvin Klein, Ralph Lauren, Giorgio Armani e The Body Shop.

A cannabis sativa – planta de onde a fibra do cânhamo é retirada - é uma planta muito versátil, requer praticamente 0% de agrotóxicos, enquanto que mais de 25% dos pesticidas usados no mundo são usados na produção do cóton. A produção de cânhamo é tão rápida que em 4 meses a planta atinge de 1,80m a 3,60m produzindo uma media de 3 a 6 toneladas de fibra seca por hectare.

Muitos pesticidas usados na produção de cóton são considerados cancerígenos aos humanos. Em torno de 150g de pesticidas são necessários para produzir uma camiseta de cóton. Na busca de fatos, mencionamos os 250 mil peixes que morreram depois de uma enxente nos Estados Unidos em 1995, devido ao excessivo uso de pesticidas que deixaram vestígios no solo, e ainda assim nada é feito para melhorar em vários locais do mundo.

1 comments:

regina helena Ribeiro disse...

quero um tenis desse pra mim ...como faço

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics