segunda-feira, 1 de abril de 2013

Planet Hemp agitou a galera no festival Lollapalooza


No último dia dos festival Lollapalooza, o Planet Hemp agitou a galera com os hits que sacudiram os anos 90 e continuam mais que atuais, já que atualmente a descriminalização da maconha está em alta em todo o mundo. Além de maconha sempre entoada por D2, BNegão lembrou da retirada arbitrária acontecida no Museu do Índio e pediu a saída do polêmico deputado Feliciano da Comissão de Direitos Humanos.

As homenagens seguiram por todo show, como para os cantores que já faleceram, tais como Chorão, Chico Science, Sabotage, Bezerra da Silva e Skunk, fundador do Planet, ao tocar "Samba makossa", da Nação Zumbi. No começo do espetáculo, poucos minutos antes de entrar em cena, a banda foi introduzida por um vídeo no telão do ator de TV conhecido como Away de Petrópolis fazendo discurso a favor da legalização da maconha.

"Avisa lá que a esquadrilha da fumaça tá de volta", disse D2, bebendo em  copo vermelho ao entrar no palco - mais tarde ele brindaria ao público com copo de vidro com cerveja. A primeira música foi "Legalize já", um dos primeiros e maiores hits do grupo.

Após incendiar a plateia com "Até a última ponta", a banda pediu para o público levantar os isqueiros - com boa adesão dos utensílios para acender cigarros em época em que celulares costumam produzir o efeito de iluminação em shows - durante "Quem tem seda?"

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics