quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Germinando as seeds


Então você está com as sementes em mãos. Agora você se pergunta o que fazer para começar o plantio. Se você comprou sementes de um banco reconhecido então você pode ter certeza que elas estão prontas para germinar, já que todas passam por um processo de seleção. Porém, se você descolou sementes que vieram no seu bagulho prensado, você deverá fazer algumas verificações simples para saber se as sementes são viáveis ou não. Uma forma de testar, é gentilmente apertar a semente entre o seu dedo indicador e o polegar. Se ela desmanchar, então não está boa. As brancas e secas estão imaturas e quebrarão com facilidade. As sementes verde escuro, verde ou marrom são mais aptas a germinar. Você não poderá destinguir o sexo da planta apenas olhando a semente. Existem algumas teorias por aí, porém não existe nenhum sinal físico característico nas sementes para se distinguir machos de fêmeas.

Alguns gostam de germinar usando métodos como o do papel toalha, antes de colocar no vaso. Isso é para assegurar que as sementes estão no ponto, mas se você desejar poderá plantá-las direto no solo. Para germinar em papel toalha, simplesmente coloque a semente entre duas folhas de papel toalha embebidas em água mineral ou destilada, dentro de um Tupperware ou recipiente com tampa. Deixe o recipiente em um lugar que aja propagação de calor, como em cima da geladeira ou do monitor do computador. Verifique varias vezes por dia e veja se as sementes estão rachadas e uma pequena raiz branca começou a surgir.

Após a germinação você verá uma pequena raiz branca saindo do meio da semente. Cave um buraco pequeno no solo (use um lápis para fazer um pequeno buraco). Quando estiver plantando a semente tenha certeza de que a profundidade do buraco não ultrapassa meio centímetro e só então coloque a semente dentro. Assegure-se que a raiz ou o lado pontudo da semente está apontando para o fundo ao colocar no solo. Cubra o buraco com terra solta (Não achate!) e mantenha a terra húmida (Não encharque!). Você deverá permitir pelo menos 10 cm de espaço vertical no fundo para a raiz crescer. Coloque uma semente por copo de 500ml ou vaso de 4 litros, e coloque-o embaixo das luzes. Comece com um ciclo de luz de 24/7 (24 horas ligada por 7 dias da semana). Você deverá ver os brotos de 2 a 14 dias dependendo das suas condições individuais e método de uso. Para resultados mais rápidos tente manter a temperatura em 26 graus Celsius. Você verá uma taxa de germinação menor com 21 graus Celsius, porém ainda assim é aceitável, a semente só levará mais tempo para brotar.

O broto emergirá com duas folhas primordiais (cotilédones). Essas folhas são pequenas, lisas e arredondadas e serão seguidas de um par de folhas serradas individuais. A distância da luz dependerá de qual tipo esta sendo usado por você. Se for fluorescente, coloque de 3 a 5 cm de distância de seu broto. Se for HPS ou MH ajuste de acordo com a temperatura, fazendo o teste da mão. Esses tipos de luzes costumam secar o solo rapidamente, fique de olho.

Atenção! Não coloque adubo ou fertilizante durante os primeiros estágios de crescimento. (primeiras 3 semanas) Esses estágios são muito frágeis, e não precisa muito para se cometer um erro fatal. Lembre-se assim como na sua vida, as plantas também precisam lidar com uma série de coisas ao mesmo tempo, quanto menos coisas você tiver que lidar menor a chance de problema. Mantenha a filosofia de menos é mais

1 comments:

Anônimo disse...

Otimo muito bem explicado gostei simplis direto e objetivo você foi gostei

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Colaboradores

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics