domingo, 27 de novembro de 2011

Congresso uruguaio estuda legalizar o cultivo caseiro


Talvez muitos não saibam, mas o Uruguai é o país que tem a política de drogas mais liberal entre os países da América do Sul. Atualmente o Congresso Uruguaio debate a questão de legalizar o cultivo caseiro de maconha.

O objetivo é pôr fim a uma contradição no país de 3 milhões de habitantes: não é crime consumir, mas sim comprar e vender drogas (no Brasil, consumo, comercialização e cultivo são crimes).
"A questão é proporcionar ao usuário acesso legal à maconha, permitindo também sufocar o narcotráfico. Nossa legislação é cheia de falhas", disse à Folha o deputado Sebastián Sabini, coautor do projeto da Frente Amplia, a coalizão de esquerda do governo de José Pepe Muijica.



O texto prevê a legalização do plantio de até oito plantas por casa (que podem gerar até 2 kg da droga), limita em 25 gramas a quantidade de maconha que um cidadão pode portar nas ruas e ainda cria associações de cultivo, controladas pelo Estado.
O segundo projeto não estipula limites para o cultivo, mas endurece as penas para o tráfico de drogas.

1 comments:

Lucas disse...

No uruguai e muito liberal o consumo, você pode ver pessoas fumando na rua, sem nemhum problema ou repressão acho que brasil deveria adotar uma posiçao parecida, para reducir o narcotrafico.

Peace!!

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Colaboradores

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics