terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Apenas mais um depoimento de um usuário de Maconha Medicinal

A maconha medicinal vem sofrendo um preconceito ridículo. De fato, uma dose de desinformação, como a demonização da erva que vem sendo feita de longa data, muitos ainda não conseguiram se render as propriedades medicinais da Cannabis. Não que eu queira que amanhã todo mundo que possui uma dor crônica vá se tratar através de Maconha, contudo , não podemos fechar os olhos para aquelas pessoas que optaram por fazer o tratamento se utilizando da erva.

A questão não devia ser tão complicada como é, afinal, quando se trata do bem estar de um cidadão, estas questões banais e burocráticas deviam ser resolvidas mais facilmente. É muito ruim ver os direitos de pacientes de maconha medicinal sendo praticamente atropelados mundo afora, sendo que estes muitas das vezes são encarados pela justiça como bandidos, uma verdadeira ameaça à segurança pública.


Depoimentos como o da canadense Cheryl Campbell não deviam ser apenas descartados, como se não tivessem nenhum valor. Ao contrário disso, deviam ser encarado como mais uma declaração de um paciente que encontrou um pouco de alívio na maconha medicinal. Campbell, sofre de fibromialgia e compara as dores que sente da doença como se estivesse sendo esfaqueada nos ombros, quadris e penas, ao mesmo tempo.

Campbell afirma que ao se utilizar da maconha medicinal, os efeitos de alívio das dores nas pernas e nos quadris são imediatos, tanto que ela consegue recuperar um pouco da mobilidade, para que assim possa suprir suas necessidades básicas, como tomar um bom e relaxante banho, diferentemente de quando ela se utilizava de morfina, cujo os efeitos até cortavam a dor, no entanto, ela não conseguia estabelecer uma conversa social com ninguém.

1 comments:

Anônimo disse...

sim eu nunca fumei e nunca vou fumar

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Colaboradores

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics