domingo, 29 de janeiro de 2012

Primeiro tratado antidrogas completou 100 anos este mês


O dia 23 deste mês marcou o centésimo aniversário do primeiro tratado internacional de controle de drogas, a chamada Convenção Internacional do Ópio, assinada em Haia, ainda em 1912.  O tratado tinha o intuito de proibir a venda de ópio, morfina, cocaína, a pessoas que não fossem médicas, regulando assim a distribuição e a produção destas substâncias.

A Convenção de Haia serviu de base para os Estados Unidos lançarem outros tratados que visavam a proibição das drogas, o que acabou culminando no que vemos nos dias de hoje, que são violência, assassinatos e o crime organizado.

Estas iniciativas proibicionistas dos EUA eram fruto de um entusiasmo de uma Era Progressista, no qual se via o governo com o papel de regular as atitudes, no que mais tarde culminaria no desastre da proibição do Álcool. As iniciativas foram avalizadas pelo então presidente Theodore Roosvelt, que suprimiu o comércio de ópio, agradando a China e reprimindo o comércio desenfreado da droga pela Índia.

A Convenção de Haia, assinada por os EUA, China, Reino Unido, Alemanha, França, Itália, Japão, Portugal, Pérsia, Rússia e Países Baixos, obriga os seus signatários a “ fazerem todos os esforços para controlar, ou para fazer com que sejam controladas, toda a fabricação, importação, venda, distribuição, exportação e morfina, cocaína e seus sais respectivos, bem como os lugares em que essas pessoas fabricam a matéria-prima  dessa indústria ou ao comércio. "

As consequências funestas do Tratado de Haia e da guerra mundial subsequente sobre drogas permanecem conosco até hoje: proibição movendo a rota do crime, droga e violência, além do exorbitante número de meio milhão de americanos na prisão por delitos que eram desconhecidas há um século; guerras de drogas assassinas que continuam acontecendo no Afeganistão, Colômbia e México, que deixaram milhares de mortos, sem contar a negação generalizada da liberdade pessoal e liberdades civis.

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Colaboradores

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics