quinta-feira, 26 de abril de 2012

Conheça o Museu da Maconha que foi reaberto no Canadá


O chamado “Herb Museum” ou literalmente o “museu da erva” foi reaberto em Vancouver e já pode ser visitado pelos turistas na sede da “Cannabis Culture”, coletivo que prega a legalização da maconha e de todas as vertentes da Cannabis.

O Museu da Erva é mantido e zelado pelo ativista pró-maconha, David Malmo-Levine, sendo que o turista que se adentrar ao museu, vai poder conferir um acervo com mais de 1.500 artefatos, incluindo 700 frascos de medicamento, tendo uma grande noção da evolução do homem e sua relação com as chamadas substâncias entorpecentes.

O museu ainda conta com obras, como a de Ken Foster, Alta Bob, Sayers Alan, Locks Dottie, Rose Rhiannon, Allard Megan, Walkus John, Dave Douglas, e muitos mais. O Museu da Maconha  é a casa de quatro quartos de artefatos de drogas da história, transcritas através da literatura e da arte. Há também uma pequena galeria de arte, onde você pode comprar alguns artefatos, tais como cartões postais,  bugigangas e jóias (e logo, afrodisíacas barras de chocolate infundidos)

Os dois primeiros quartos do museu  são gratuitos e incluem exposições sobre "as drogas invisíveis", café, chá, cacau e tabaco, bem como a galeria de arte. Os outros dois quartos são $ 5,00 por uma hora, mas a taxa inclui a utilização de um vulcão vapourizer, tubos, e / ou um cachimbo. Estes quartos têm as exposições sobre a cannabis, o ópio, coca, afrodisíacos, alucinógenos, não-psicoativas medicamentos fitoterápicos e sintéticos.

O museu abriga uma extensa biblioteca de ervas e armário de arquivo para as necessidades de cada pesquisador. Sem dúvida alguma é um excelente programa para quem está de viagem ou pretende ir à cidade de Vancouver, no Canadá.

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Colaboradores

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics