sábado, 19 de maio de 2012

Marcha da Maconha-SP vai contar com o lançamento da revista SemSemente


A Marcha da Maconha de São Paulo tem tudo para ser especial. Primeiro, pelo número record de participantes e depois pelo lançamento da primeira revista sobre Cannabis do Brasil: a revista Semsemente, que depois de ter suas páginas censuradas pela gráfica, finalmente vai sair fresquinha para os aguçados leitores.

Segundo os editores, trata-se da primeira publicação do tipo no Brasil. Em outros países, revistas de “cultura canábica” já existem há pelo menos 35 anos. Contudo, como até então há pouco tempo qualquer coisa desta esfera era tratada como apologia, tardiamente o mercado canábico começa a ficar aquecido pelas terras tupiniquins.

A “SemSemente” tem 64 páginas coloridas que tratam da maconha sob os mais variados pontos de vista. Os temas abordados incluem a história de um doente de câncer que se beneficiou da planta para fins terapêuticos, uma entrevista com um integrante da banda Cypress Hill, além dos 10 anos da Marcha da Maconha no Brasil. A tiragem é de 10 mil exemplares, segundo informa o diretor de arte William Lantelme.

Os anunciantes da revistas estão entre um publico de tabacarias, bancos de sementes e lojas de cultivo, nada que infrinja a atual legislação brasileira.

O presidente da Comissão de Estudos sobre Educação e Prevenção de Drogas e Afins da Ordem dos 
Advogados do Brasil em São Paulo, Cid Vieira de Souza Filho, acredita que não deve haver problemas jurídicos com a revista, já que a decisão do STF (Superior Tribunal Federal), de junho do ano passado, autorizando a realização das marchas da maconha em todo o país, sinalizou que a manifestação em favor da descriminalização dessa droga, ainda que por meio de uma publicação, é permitida no contexto da liberdade de expressão.

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Colaboradores

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics