sábado, 8 de setembro de 2012

FHC e sua ótica na defesa da descriminalização da maconha


Entre as grandes polêmicas do nosso tempo, os debates sobre o consumo de maconha são, certamente, um dos mais acalorados. De um lado estão os setores mais conservadores, decisivamente contrários à liberação do uso da erva. Do outro lado, os setores mais libertários, que defendem, de modo não menos enfático, a sua legalização.

Nos últimos anos, a ideia de que a proibição talvez não seja a melhor maneira de lidar com os prováveis malefícios causados pelo consumo de maconha tem ganhado cada vez mais consistência. Nessa perspectiva, podemos citar o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso como uma das personalidades públicas que defendem a necessidade de um novo debate sobre a questão das drogas.

Ainda segundo Fernando Henrique, “a visão predominante até agora [resolver a questão das drogas pela violência] não funciona. Todas as drogas fazem mal, sem exceção, inclusive a maconha. Então não pode ser livre também. Legalizar não quer dizer ter livre acesso. Tem que ser regulado, com campanhas para mostrar o mal que faz. Tem que ampliar o serviço de saúde porque a maconha, em excesso, tem efeitos negativos que demandam tratamento médico”.

De acordo com o relatório divulgado pela Comissão Global sobre Política de Drogas (presidida pelo próprio Fernando Henrique Cardoso), “a guerra global contra as drogas fracassou, com consequências devastadoras para indivíduos e sociedades pelo mundo afora”. Desse modo, a comissão internacional propõe a legalização da maconha e outras drogas como forma de enfraquecer o crime organizado.

Por outro lado, a guerra contra as drogas também é utilizada para escamotear as intervenções estadunidenses em outros países (Plano Colômbia, Iniciativa Mérida), para a ocupação militar das favelas brasileiras e para a repressão policial contra jovens pobres (principalmente negros).
Em suma, a realidade nos mostra que a guerra contra as drogas não surtiu o efeito esperado. Não diminuiu o número de usuários e, em contrapartida, contribuiu peremptoriamente para o crescimento da violência.

Não obstante, está demonstrado cientificamente que a maconha é menos letal do que várias drogas lícitas. Desse modo, é no mínimo controverso permitir o consumo de tabaco ou álcool, por exemplo, e reprimir o uso de maconha.

Em última instância, é um crime ambiental determinar arbitrariamente que a cannabis sativa, vegetal que está no planeta há mais tempo que o ser humano, tenha cerceado seu direito à existência.

Portanto, a posição de Fernando Henrique Cardoso, ao propor que a questão das drogas seja tratada como caso de saúde e não de polícia, mostra-se extremamente lúcida. Pode não ser a solução, mas pelo menos enseja a possibilidade de se debater um tema demasiadamente polêmico e complexo.

2 comments:

Anônimo disse...

LISTAS DOS 10 SENADORES QUE VOTARAO A DESCRIMINALIZAÇÃO DA MACONHA, E SEUS RESPECTIVOS EMAILS E PERFIS NO FACEBOOK ETC... PRA QUEM SENTIR VONTADE DE IR LÁ DEIXAR SUA OPINIÃO !!!


1)Jorge Viana (PT-AC) jorgeviana.acre@senador.gov.br
www.facebook.com/senadorjorgeviana

2)Pedro Taques (PDT-MT)[ pedrotaques@senador.gov.br
www.pedrotaquesmt.com.br
www.facebook.com/pedrotaques

3)Lídice da Mata (PSB-BA) lidice.mata@senadora.gov.br
lidice.com.br
www.facebook.com/LidicedaMata

4)Eunício Oliveira (PMDB-CE) eunicio.oliveira@senador.gov.br
www.eunicio.com.br
www.facebook.com/pages/Eun%C3%ADcio-Oliveira/147474322001734

5)Ricardo Ferraço (PMDB-ES)ricardoferraco@senador.gov.br
www.ricardoferraco.com
www.facebook.com/RicardoFerraco

6)Benedito de Lira (PP-AL) benedito.lira@senador.gov.br
www.beneditodelira.com
www.facebook.com/beneditodelira

7)Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SPaloysionunes.ferreira@senador.gov.br
www.aloysionunes.com
www.facebook.com/pages/Aloysio-Nunes-Ferreira/154092474632496

8)Clovis Fecury (DEM-MA) clovis.fecury@senador.gov.br

9)Magno Malta (PR-ES) [magnomalta@senador.gov.br
www.senado.gov.br/senadores/senador/MagnoMalta
www.facebook.com/pages/Magno-Malta/154509004619698

10)Armando Monteiro (PTB-PE) armando.monteiro@senador.gov.br
www.armandomonteiro.com.br
www.facebook.com/pages/Armando-Monteiro/206408749431314
playmogil likes this Like This
Quote

Anônimo disse...

Ta mais do que certo

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Colaboradores

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics