quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

2012 acabou, o que se aprendeu?


Acabou-se mais um ano de nossas vidas, e vemos coisas repetidas que parecem não ter um fim próximo. Eu me refiro diretamente ao tráfico de drogas e como isso é tratado pelas autoridades no mundo todo, mas principalmente aqui no Brasil. Faça o seguinte teste: entre em algum site grande de notícias, principalmente os filiados de grandes emissoras de televisão, e procure a palavra maconha. Uma página imensa vai aparecer com notícias como: "Operações em MT apreendem mais de uma tonelada de droga em 2012". Reflita que você vê isso se repetir todos os anos, desde que se entende por gente, nada, absolutamente nada mudou. 

Se em apenas no estado do Mato Grosso, mais de uma tonelada foi apreendida em algumas operações, imagina em todas as operações por todo o Brasil, quantas centenas de toneladas de drogas são apreendidas todos os anos, porém, nunca acabam as drogas. Como pode tanta operação policial gastar tanto dinheiro em cada uma delas, e todos os dias vemos notícias repetidas? E como podem as autoridade dizer que esse é o caminho certo? Isso é um tapa na cara da sociedade, nosso dinheiro está sendo incinerado junto à cada tonelada de droga apreendida, e vai continuar sendo cada vez mais.

Se pararmos para pensar no que seria possível fazer com o dinheiro gasto em apenas um ano com essas operações, vamos ficar irados de raiva, mas se pensarmos no dinheiro gasto em todo esse tempo de guerra às drogas, então vamos explodir. Simplesmente o governo poderia regulamentar todas as questões que envolvem a produção e comércio de drogas, além do principal, educar a sociedade com propagandas e outras formas de atingir a população geral, e ainda assim não gastaria nem perto do que gasta combatendo essas ações, podendo assim investir ainda em saúde, para o tratamento de usuários de drogas por exemplo, na segurança combatendo a venda à menores por exemplo, enfim, realmente mudar essa realidade desonesta, mentirosa, covarde e racista que é a guerra às drogas.

Mas como em ano novo, nós sempre nos enchemos de esperanças e sonhos que corremos atrás ou não, farei igual, e vou continuar sonhando que as autoridades irão contar a verdade ao seu povo, e assim tomar atitudes que valham a pena. Sem esperança não chegamos a nada, então o que resta é mantes minha voz sempre ativa enquanto eu a tiver, gritando para o mundo, para que parem de acreditar em mentiras sem nexo, e acordem para a realidade, e assim podemos nós mesmos mudar o que já devia ter sido feito há muito tempo. Feliz 2013, assim desejamos aos nossos queridos leitores.

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics