quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

A verdade sobre o LSD

Albert Hofmann , um químico que trabalhava para uma farmacêutica, a Sandoz, sintetizou LSD pela primeira vez em 1938, em Basel, na Suíça, ao procurar um estimulante do sangue. No entanto, os seus efeitos alucinógenos eram desconhecidos até 1943, quando Hofmann consumiu acidentalmente alguma quantidade de LSD. Mais tarde verificou-se que uma dose oral de tão pouco quanto 25 microgramas (iguais em peso de alguns grãos de sal) seria capaz de produzir alucinações vivas.

disponibilidade de drogas legais e LSD
Por causa de sua semelhança com um produto químico presente no cérebro e sua semelhança em efeitos para certos aspectos da psicose, o LSD foi usado em experimentos por psiquiatras através das décadas de 1940, 50 e 60. Embora os pesquisadores não conseguiram descobrir qualquer uso médico da droga até aquele momento, quando foi proibido, as amostras livres doadas pela Sandoz Farmacêutica para os experimentos foram distribuídos amplamente, levando a ampla utilização dessa substância.

LSD foi popularizado na década de 1960 por indivíduos, como psicólogo Timothy Leary, que incentivou os estudantes americanos a " ligar, sintonizar e cair fora. " Isso criou uma contracultura inteira de abuso de drogas e espalhou a substância da América para o Reino Unido e o resto da Europa. Até hoje , o uso de LSD no Reino Unido é significativamente maior do que em outras partes do mundo.

Enquanto a contracultura dos anos 60 usou a droga para escapar dos problemas da sociedade, a comunidade de inteligência ocidental e os militares viram isso como uma arma química potencial. Em 1951, essas organizações iniciaram uma série de experimentos. Pesquisadores americanos observaram que o LSD "é capaz de renderizar grupos inteiros de pessoas, incluindo as forças militares, indiferentes ao seu ambiente e situações, interferindo com o planejamento e julgamento, e até mesmo a criação de apreensão, confusão incontrolável e terror."

Experiências no possível uso de LSD para mudar a personalidade dos alvos de inteligência , e para controlar populações inteiras, continuou até os Estados Unidos proibirem oficialmente a droga em 1967.

O uso de LSD declinou na década de 1980, mas aumentou novamente em 1990. Por alguns anos depois de 1998, o LSD se tornou mais amplamente utilizado em danceterias e raves toda a noite por adolescentes mais velhos e adultos jovens. O uso caiu significativamente em 2000 mas vem subindo gradativamente com o aumento da disponibilidade de drogas legais que ao redor do mundo.

Mas o que se sabe ao certo, é que muito falta para ser descoberto sobre essa substância ímpar na natureza, que permite as pessoas descobrirem suas origens e sua capacidade cerebral verdadeira, além de uma realidade alternativa completamente mágica, podendo muitas vezes terem verdadeiros contatos divinos.

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics