sexta-feira, 28 de março de 2014

Programa federal nos EUA para cultivo de novas cepas de maconha

governo federal dos EUADesde 1968, a Universidade de Mississippi cultivou maconha para investigadores federais, e desde 1976 tem fornecido algumas delas aos pacientes no "programa compassivo IND. Atualmente, existem apenas quatro pacientes no programa.

Por décadas, o programa tem praticamente focado apenas em alto THC, cepas de baixo nível de CBD. Mas de acordo com Leaf Science, o programa está recentemente começando a crescer outras cepas:

Segundo o Dr. ElSohly, eles têm agora cultivado com sucesso uma segunda variedade de maconha contendo quantidades iguais de CBD e THC. Ainda este ano, ele espera cultivar uma com alto nível de CBD, variedade com baixo teor de THC, muito parecido com a cepa utilizada para fazer óleo concentrado de Cannabis. "Com toda a publicidade que está ocorrendo agora, tenho certeza que alguém vai pedir isso", diz ele, de acordo com a Leaf Science.

CBD tem sido alvo de um grande aumento no interesse de políticos e da grande mídia recentemente. No entanto, ha muito tempo defensores da maconha medicinal estão em uma ladeira escorregadia. 

O governo federal cultiva maconha na Universidade de Mississippi por uma razão. O governo federal possui patentes à base de plantas de maconha por uma razão. É porque a maconha, a planta TODA, tem valor medicinal que precisa ser desbloqueado. O governo federal dos EUA tem tentado arduamente manter seu monopólio sobre a pesquisa e o cultivo em nível federal. É hora de exigir que as coisas mudem.

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics