quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Ainda da tempo de assistir Quebrando o Tabu, de graça!

Para quem ainda não viu, corra que tem tempo de assistir o "Quebrando o Tabu" exibido de graça na internet, pela Video Store. As exibições seguem sem nenhum custo até o dia 2 do próximo mês. Vale ressaltar que o filme é muito interessante para assistir principalmente com proibicionistas e porque não com seus pais, afinal, o diálogo e a informação sempre vão ser o melhor caminho para resolver as questões em divergências.

Com um foco intenso e bem recortado, o documentário que é conduzido pelo ex- Presidente Fernando Henrique Cardoso, de fato vai fazer você mudar de opinião sobre o senso geral do que se denomina de guerra às drogas.

O documentário faz um verdadeiro resgate da humanidade, desde seus princípios, e seu uso com entorpecentes. Nesta linha do tempo, personalidades da atualidade, além de ex-presidentes debatem o assunto, escancarando os problemas gerados diretamente e indiretamente pelo narcotráfico, não só no Brasil como no mundo.

Eficiente no que se propõe a debater, Quebrando o Tabu não fica preso apenas ao factual, ao senso comum. FHC percorre alguns lugares do mundo, inclusive a Holanda, no qual ele mostra de fato como o governo daquele país trata as drogas. Em dados momentos do documentário, são mostrados até as salas de consumos que são disponibilizadas na Holanda, para que se diminua a contaminação de doenças, através do compartilhamento de seringas.

Diferentemente de outros documentários, "Quebrando o Tabu"dá voz aos usuários, que queiram ou não são vozes mais que importantes neste debate. Não se pode discutir os problemas das drogas, se não tiver um usuário presente.

O documentário "Quebrando o Tabu" é parte importante e indispensável para quem pensa ao contrário de todo este sistema de guerras, que cada vez mais enriquecem os poderosos, ou seja, os burgueses.


PARA ASSISTIR O FILME DE GRAÇA, CLIQUE AQUI

1 comments:

Alisson Albuquerque disse...

Quanto tempo mais levará para que a sociedade brasileira enxergue a necessidade que há atualmente em se legalizar a maconha? Nós, usuários declarados, somos apenas 5% da população brasileira, isso deve ser algo em torno de 2 milhões de pessoas, mais do que a quantidade de habitantes de quase todas as cidades brasileiras. Até quando durará essa barbárie?

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Colaboradores

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics