sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Aprenda a se defender de alguns "Clichês" adotados pelos proibicionistas da maconha

Segundo o dicionário, mito é uma narrativa que possui um caráter simbólico, relacionada a uma dada cultura. O mito tem como propósito tentar dar uma razão ou explicação para a realidade, fenômenos naturais, para as origens do mundo, através da figura de deuses. Os mitos podem ser melhor observados na sociedade moderna através de lendas urbanas e crendices que estão espalhadas por aí.

Se você for pensar bem, todos os motivos que os proibicionistas disseminam para a proibição da maconha, não passam de mitos, explorados sobre a ignorância das  gerações passadas, que não tinham acesso ao nível e a qualidade de informação que se tem hoje.
Atualmente, vivemos um incessante debate para mostrar ao mundo sobre o quão é ignorante a proibição da maconha, além de lutar com as inverdades que são espalhadas por aqueles que agem de má fé. Confira alguns das táticas proibicionistas para tentar desmantelar os movimentos pró maconha.
1         
      Tentativa de marginalizar quem é a favor da legalização: Tentam a todo momento e insistem em dizer que todos que fazem parte do movimento à favor da Cannabis são usuários de drogas, quando na verdade uma coisa não tem nada a ver com a outra, já que a questão não é simplesmente o uso da droga e sim uma política mais sensata que não seja a guerra e a repressão e que priorize a saúde pública. Quando se diz legalização da maconha, não estamos falando apenas no efeito entorpecente. É uma tremenda falta de juízo e de informação, achar que a única vertente da maconha é o seu uso recreativo.


           Legalização seria uma prova de que as drogas nos venceram: Completamente incabível uma afirmação dessa, uma vez que sabemos que a derrota para as drogas já aconteceu há muito tempo, desde que os EUA resolveram impor ao mundo o conceito de guerra às drogas. O fato da legalização da maconha, não quer dizer que estamos perdendo para a droga, e sim que estamos tratando o problema de uma forma mais inteligente, menos danosa, menos sangrenta e beneficiando a população e não simplesmente os corruptos que ganham com a proibição.
3       
           Insistência, por ignorância em dizer que a maconha  não tem propriedades medicinais: Atualmente, apesar dessa informação ainda ser passadas por proibicionistas, a verdade que é uma  blasfêmia um cidadão afirmar que a Cannabis não possui propriedades medicinais. Além das propriedades medicinais, a Cannabis ainda é base para produtos industriais sustentáveis (uma longa lista de produtos), entre outros.
4        
“    Eu sou contra qualquer tipo de uso de droga” : A questão não é se você, proibicionista, é contra a droga. Ninguém quer que amanhã, se caso fosse legalizado, que todos começassem a fumar maconha. A questão não é simples assim, pois existe um abismo entre você não gostar e você cercear um outro cidadão de uma escolha pessoal/individual. O fato de alguém seja contra as drogas, não dá o direito também de que a outra não possa fumar maconha. Quando uma pessoa se diz contra a droga, ela indubitavelmente está sendo a favor da guerra as drogas, ou seja, ela se “preocupa” se você está fumando um baseado, mas não se preocupa com o derramamento de sangue e a carnificina da guerra às drogas.
5         
      Menção de algo ruim que aconteceu envolvendo drogas:  Esse argumento é bem citado pelos proibicionistas, mas vale a pena lembrar, que as drogas por si só não são causadoras de desastres e tragédias. Existe ai uma “gama” de influências e de outros motivos que levam a acontecer um fato ruim. Você simplesmente não pode pegar todo mundo e colocar no mesmo “saco”, pois desta forma você não está ajudando em nada e sim trabalhando a favor do caos. As pessoas que são proibicionistas não tem direitos de taxar e caracterizar usuários. Isso é uma tremenda de uma bobeira, tanto que ainda sim pessoas tentam colocar no mesmo grupo usuários de crack e de maconha, quando nós sabemos que são perfis completamente diferentes. Eu sinceramente, não consigo ver qual é a ameaça à saúde pública, o fato de uma pessoa fumar um baseado recreacional. É como se nós a partir de amanhã, começássemos a dizer que todos aqueles que gostam de uma cervejinha são alcoolatras e precisassem de internação ou coisa do tipo!
6         
      As pessoas deveriam proibir o álcool e o cigarro e não liberar mais uma droga: Caso isso acontecesse, de fato, o que ia se ver era um aumento vertiginoso da carnificina, ainda mais pelo fato do álcool ser bem aceito pelas sociedades do mundo inteiro. A tentativa de proibição do álcool na década de 20 só gerou violência, morte e aumento de contrabandistas, que acabaram por ganhar um certo glamour, vide Al Capone, que até hoje é conhecido! Sinceramente, proibir o alcool e o cigarro, seria  a maior burrice que se poderia fazer.

18 comments:

Anônimo disse...

sou usuária ,fumo o dia todo. sei que me fas mal mas nao consiga parar, é ipocresia da parte dos maconheiros dizer q é a favor da legalizaçao para uso medicinal, sendo q a maioria dos maconheiros, assim como eu ,querem a legalizaçao para poder fumar ,por diverção. ninquém melhor do q eu para saber q maconha fas mal sim se usada sem cautela. sinto dor no peito ,vivo gripada ,e fumo tanto q nem sinto mais os efeitos da erva ,por melhor q ela seja.então ,tá aí a dica , nao abuse da erva ,ela vicia sim,e em grande guantidade ,fas muito mal. dica de quem fuma a 15 anos todos os dia e sabe bem dos seus males.

Charles Darwin disse...

Anonimo se vc sabe a respeito da erva tão bem como vc sabe portugues, ta lascado.

Anônimo disse...

devido eu ter morado 12 anos fora ,realmente minha escrita não ta das melhores,mas vou voutar a estudar vc nao é a primeira pessoa q dis isso. já sobre os efeitos da erva não menti em nada , se nao concorda ,sinto muito vc é o mais ipócrita de todos

Anônimo disse...

Charles Darwin ,hipócrita ,vc é doente por isso fuma maconha ? fuma como eu ,só pra curti com certeza , acha ruim falarem a verdade a respeito da erva. hipócrita vc é ,hipócrita ,não tem oq falar a respeito do meu comentário ,q é verdadeiro e sincero ,entao me ataca por eu escrever errado ,mas saiba q fiquei 12 anos fora ,sem usar muito a escrita em português ,mas isso arrumo estudando ,já a sua hipocresia ,tenho pena vc é um iludido com a erva , assim como eu fui um dia . mas hoje digo somente a verdade , chega de hipócresia

Anônimo disse...

defendo a legalização, não porque sou doente ,e sim porque quero ter o direito de fumar, por vontade ,por gostar da erva , do gosto ,da onda . quero poder fumar como as pessoas tem direito de beber ,não sou hipócrita, como a maioria dos maconheiros de plantão...

Boldinho_D2 disse...

Galera, sem perder a linha, por favor.

Outra coisa ao primeiro anônimo. O fato de você fumar de forma recreacional, não quer dizer que ninguém se preocupe com a maconha medicinal. Talvez, se você tivesse a oportunidade de conhecer alguém que faz o uso para fins terapêuticos, você poderia mudar de opinião. Eu vejo que a parte da maconha medicinal no Brasil muita das vezes é tratada como hipocrisia pelos próprios maconheiros, mas na verdade basta não olhar para o próprio umbigo.

Claro, se você pegar um bando de jovens certamente a grande maioria faz uso recreacional.

Você disse que morou um bom tempo fora, mas não disse onde, mas eu creio que se fosse em países como Canadá (onde 66% da população apoia a maconha), Holanda, Suíça, e alguns estados dos Eua, com toda certeza você teria uma outra visão da maconha medicinal.

Infelizmente aqui no Brasil não se pode ver muita coisa, pois o paciente que tem que se decidir por conta própria pra fazer o tratamento. A questão que eu acho que você esta levando a Maconha Medicinal muito para o lado do ato de fumar, quando na verdade você esquece dos bens que faz o óleo de maconha, que cura o câncer.

Creio que não podemos ser simplistas assim, nas análises...

Repito, meus amigos, vamos nos manter na linha, sem agressões verbais e acusações... Paz e amor pra vocês!

Boldinho_D2 disse...

Esqueceu também dos derivados como o Sativex e o marinol, portanto, não acho hipocrisia alguma em falar sobre maconha medicinal

luca disse...

Oi,eu fumo desde os 14 anos, hoje estou com 55 anos,todos começamos a fumar recreativamente enquanto somos jovens, para curtir a natureza e ficar a contemplar o por do sol, para ir ao festival de música a praia, assistir um bom filme, etc. Todos sabemos como é prazeiroso isso. Mais quando passamos de certa idade não sei ao certo pois cada pessoa é diferente da outra, então não podemos generalizar. Começamos a perceber que existe outro ponto de vista também que é justamente o lado medicinal da maconha, que é inegávelmente fator preponderante se vc continua a fumar depois de certa idade. Sinto dores no corpo, na coluna, tive que parar de beber pois o alcool sim é um veneno para o fígado, mais continuo a fumar meu beck, me alivia as dores me abre o apetite e consigo comer bem, dormir bem e me sinto mais saudável e mais aliviado das maselas do corpo físico, enfim me dou muito bem com isso e não vejo necessidade de outras drogas nem tomo remédios. Então para mim a maconha funciona das duas formas, tanto medicinal como recreativa unindo o útil ao agradável, não é legal assim? Mesmo porque também sempre procurei fazer exercícios, caminhadas, academia então minha parte aeróbica / respiratória e pulmonar funciona bem. Quanto aos hipócritas proibicionistas um dia eles cairam na real eu já esperei tanto e continuo esperando por isso. Acreditem tudo vai dar certo. E como diz nosso mano Boldinho vamos manter a linha e a serenidade OK?. tchau.....

Legalize Brasil 2012 disse...

Eu fumo à 28 anos, desde os 13, tenho maisde 40 anos hoje!
NAO TENHO PROBLEMA ALGUM DE SAÚDE, TENHO TRABALHO, SOU FORMADO EM CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO.

Resido na California, ONDE TODO MUNDO CONSOME.. E NAO SOFREMOS AGRESSÕES COMO SOFREMOS NO BRASIL POR PARTE DO LIXO DE LEIS E POLICIA BANDIDA que existe ai.

CANNABIS NAO FAZ MAL. O QUE FAZ MAL É A FALTA DE INFORM"CÃO E RESPEITO!!!

LIBERTEM A PLANTA DE DEUS JÁ!!!

Ps. Resido na California à mais de 12 ANOS.. Meu Português não é tão ruim assim, é? Fumo desde os 13 quase todos os dias... Interessante hein! Pq não fazem estudos científicos comigo para provar logo que Cannabis ORGANICA e sem mofo NUNCA fez mal a NINGUEM, seja Humanos ou afins.

Daniel Amaral disse...

Para a usuária que se diz viciada; se você não está se sentindo bem procure ajuda, não precisa generalizar o seu caso aqui, simples assim, é claro que cada pessoa é de um jeito, fumo há mais de 35 anos a cannabis e me faz muito bem, meus pulmões e memória estão perfeitos, não sinto nenhuma falta de ar, quase nunca fico gripado, pratico esportes e tenho uma vida super produtiva além de me alimentar super bem e dormir de 8 a 9 horas por dia, nunca tive insônia, meus exames estão ótimos a cannabis para mim é um remédio e controlou minha pressão, ao contrário da cocaína que me fazia muito mal, graças a cannabis hoje estou livre do álcool e cocaína, tinha sérios problemas cardiacos e hoje não tenho mais nenhum problema de coração.

Aline Rocha disse...

"Anônima", ao meu ver, tudo em excesso acaba fazendo mal ao ser humano.O ideal é saber dosar.Muitas pessoas fumam maconha pelo fator recreativo, assim como várias pessoas saem de seus trabalhos pra tomar um chopinho com a galera numa sexta-feira.Eu parto do seguinte princípio: se algo está me prejudicando, eu vou parar.E caso eu não consiga faze-lo sozinha, eu vou pedir ajuda.O conhecimento em relação a parte medicinal da cannabis é incrivelmente fantástico e MUITO importante.Então não vamos condenar a coitada da erva, cada usuário é responsável pela forma como irá usá-la...não generalize o caso.

Fabricio ferreira disse...

A anônima é apenas mais um clichê, que a única resposta se resume em tratamento, redução de danos
sugiro que vá ao narcóticos anônimos mais próximo de sua casa e dê o seu relato para eles que com certeza irão lhe ajudar muito.É como nosso grande amigo Prado cláudio diz; tem gente que pode usar, tem gente que deve usar e tem gente que não pode usar.

mahgraum disse...

Voces são mto bons, parabens. E ao pessoal dos comentários, uma salma de palmas, vcs destruiram a ignorancia. Deus abençoe á todos e um mundo novo com cannabis indica sativa e hibridas organicas e puras no nosso quintal crescendo com mto amor!

Anônimo disse...

Eu acho ,que devemos plantar ,porque essa maconha prensada q compramos por aí ,faz tão mal quanto cigarro. normalmente esses fumos prensados ,tem um monte de merda misturada. Amônia,faz um mal da porra ,e não existe fumo prensado sem amônia , essa galera q planta e vende ,não tá nem aí pra gente q ta usando ,até urinar no fumo eles urinam para prensar , fora os produtos para tirar o cheiro etc...Vamos plantar ,como é muito mais gostoso fumar uma maconha orgânica ,sem veneno. Quem já fumou sabe a diferença .

Anônimo disse...

Boa discussão, nunca tinha comentado neste blog antes embora sempre acompanhasse pelo FB.
Eu fumo há uns 7 anos, tive alguns períodos onde tive que parar (emprego em navio e o exame toxicológico...), mas nunca tive problemas de abstinência, e quem depende do tráfico, às vezes fica na mão, mas quando paro por algum motivo qualquer, claro que tenho vontade de fumar, mas só me resta me conformar, não posso fumar e pronto, vou fazer outra coisa, quando puder fumar eu fumo, não vai acabar a maconha do mundo...
Eu percebo mesmo que quando fumo DEMAIS, tipo férias, feriado prolongado, vai mesmo ficando estranho, o efeito n é legal, o gosto e cheiro começam e me enjoar e nessas ocasiões eu tbm dou uma pausa de uma semana.
Em relação à maconha, efeitos, dependência, tudo isso, é uma coisa muito particular, inclusive tem gente mesmo que não pode fumar que passa mal, eu amei desde a 1º vez. rs
Enfim, maconha é como qualquer outra droga, não é porque é mais leve que você vai ficar legal pra trabalhar e estudar fumando o dia todo (tem gente que consegue, como eu sei que eu não, eu nem fumo, só fumo quando chego em casa), questão de moderação, qualquer coisa gostosa deixa de ser gostosa quando o corpo não tem tempo de ficar SEM a sensação...
Quanto aos efeitos medicinais, eu sempre tive insônia desde a pré-adolescência e pra mim não tem nada melhor do que uma boa indica pra dormir.
Não sei se isso que vou falar fere algum "código" de conduta aqui do grupo, mas eu moro num apartamento agradável, mas pequeno, tem uma varanda legal, eu já tentei plantar várias vezes, mas eu tenho bastante receio de plantar aqui porque eu sei que o cheiro da planta quando está liberando resina fica forte, sendo assim, eu queria saber se existe algum grupo de growers ou algum grower em São Paulo que eu possa ajudar de alguma forma em troca de uma erva orgânica, porque realmente, essa prensada não é legal...
Abraços a todos e obrigado!

luca disse...

Os comentários aqui postados revelam que é conversando e cada um contando a sua história de vida que vamos conseguir chegar a um acordo no que tange a melhor forma de lidar com este assunto e de podermos reivindicar a legalização, para cultivar nosso pézinho naturalmente, cada um é responsável pela forma como vai usar, se conhecendo melhor e respeitando o seu limite com conciência e ponderação. Parabéns a todos aqui.

Anônimo disse...

LEGALIZE JAAAAAAA!

Anônimo disse...

Bah! O próprio "curtir" é efeito da Farmacognosia! Se pitarmos flores recém colhidas já se reduzem muitos dos efeitos do fumar. Mas podemos sempre usar os Vaporizadores. É uma planta milenar sempre usada para a Cura! Nós, ocidentais, é q fomos usá-la no recreio. Plantar, cuidar, colher na hora certa... Se ainda assim ficarem doente, use Vaporizador.
Mariomonster@yahoo.com.br

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Colaboradores

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics