sexta-feira, 4 de maio de 2012

Canábis - A Quarta Revolução Industrial! (Por Mário Márcio Pelajo)

Apesar da canábis provocar malefícios para o organismo humano, ela ao mesmo tempo provocaria direta e indiretamente um bem imensurável para todo o mundo e toda a humanidade, no curto, médio e longo prazos. Seria uma nova Era Mundial, com grandes mudanças e uma transformação total do mundo. A Quarta Revolução Industrial! Carvão na Primeira, Petróleo na Segunda, Internet na Terceira e Canábis na Quarta. A canábis é a melhor alternativa como matéria-prima, em todos os aspectos, com inúmeros benefícios e vantagens, para milhares de produtos!

Existe uma infinidade de interesses por trás da canábis, que foi historicamente marginalizada propositalmente com o intuito de esconder uma grande verdade, que é a existência da melhor e mais completa matéria-prima renovável, barata e versátil do planeta. Isso mesmo, é uma matéria-prima muito melhor do que o petróleo, do ponto de vista sustentável, econômico, social e inflacional.

Com a grande desconcentração de renda ao longo da Quarta Revolução Industrial, seria uma tendência a igualdade na renda dos indivíduos, no longo prazo, diminuindo a desigualdade social entre os continentes e países, tornando a renda das pessoas mais ricas e mais pobres mais próxima. Para existirem pessoas muitos ricas, devem haver pessoas muito pobres para manter o alto padrão de vida delas. Não é que não poderiam haver pessoas ricas no mundo sem existir os pobres, até poderia, o que fica muito difícil é existirem pessoas com fortunas praticamente incalculáveis sem existirem pessoas na miséria.

Veja Também:  A Canábis e a Escravidão ou Semi-escravidão

Texto escrito por Mário Márcio Pelajo, autor do livro Canábis Anonymous

Mário Márcio Pelajo, nascido em 25/06/1980, Engenheiro de Produção, formado pela Universidade Federal Fluminense, é um carioca que se autodefine como um autodidata e grande amante de assuntos contemporâneos, como História, Geografia, Política, Economia, Meio Ambiente e Agricultura, dentre muitos outros assuntos diversos. Sua maior paixão e equilíbrio com certeza é a música, onde está sempre procurando novos chocolates para seus ouvidos.

1 comments:

FERNANDO ZÉCA disse...

Até concordo com o teor do texto, mas entendo q uma informação dessa importancia deva ser mais detalhada e melhor explicada, inclusive, o começo do texto eu achei muito MEDROSO.
Entendo também q a maconha faça mal, mas sempre q se faça tal afirmação, deve ser lembrado que, mesmo causando males eventuais ao organismo do usuário, estes são muito menores do q aqueles causados por drogas lícitas.

A idéia do texto é muito boa, mas precisa ser melhor explicada e desenvolvida, por exemplo, para se colocar a Cannabis no patamar de planta revolucionária, é preciso explicar, que, ela também oferece uma alternativa natural e altamente eficiente como BIO COMBUSTÍVEL, lubrificantes, remédios, roupas, material de construção, e ainda, que o plantio da Cannabis pode ainda afetar a poluição já que a planta é alta consumidora de Gás Carbonico que retorna à atmosfera como Oxigenio.

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Colaboradores

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics