domingo, 6 de maio de 2012

Ei polícia, Maconha é uma delícia!!!!


Uma verdadeira multidão tomou conta da Avenida Vieira Souto em Ipanema, neste sábado, durante a passeata realizada com o objetivo de protestar contra a criminalização do uso da cannabis sativa. Cerca de 10 mil pessoas caminharam, durante uma tarde agradável na orla marítima da cidade, para pedir às autoridades que legalizem a maconha.

Fontes da polícia militar afirmam que foram apenas duas mil pessoas, contudo, o advogado Dr André Barros, que é integrante do coletivo calculou que cerca de 10 mil pessoas participaram da manifestação.

O início da passeata estava previsto para as 16h20, um horário de forte valor simbólico para os consumidores de Cannabis, já que é o horário mundial da maconha, a famosa hora do chá. Uma das reivindicações deste ano estiveram focados em que o Supremo Tribunal Federal do Brasil declare inconstitucional o artigo da lei que tipifica como delito o cultivo e a posse da droga.
Enquanto o funcionário público Álvaro Américo defendia a legalização da substância com fins medicinais para combater os efeitos de doenças como o Alzheimer e o câncer, a estudante universitária que preferiu se identificar apenas como Camila disse acreditar que essa é a melhor fórmula para acabar com a violência em áreas controladas pelo tráfico.

“Agricultor não é traficante”, afirmou um outro adepto à causa, fazendo uma alusão à liberação do cultivo caseiro.

O Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou a convocação de manifestações em prol da legalização da droga e o coletivo Marcha da Maconha, desde então, tem organizado uma série de atos para chamar a atenção das autoridades e da população para a necessidade de se legalizar o consumo da planta. Contudo, a parte ruim do evento mais uma vez ficou por conta da Polícia Militar, que em um ato autoritário queria que a marcha se encerrasse às 18 horas, causando um verdadeiro tumulto , com este ato autoritário.

Não adianta, senhores da PM e conservadores,  pois com o aval do STF para a realização da marcha, nós não vamos desistir. Já que mostrar a verdade sobre a maconha incomoda aos senhores, saibam então que vocês sempre serão incomodados, pois nós continuaremos lutando pelos nossos direitos, porque vocês não tem direito de cercear a minha liberdade individual. Como sempre diz o velho Zagallo: “Vocês vão ter que me engolir!” .

5 comments:

Anônimo disse...

Como sempre eles tem que aparecer, com suas garras pra reprimir. Acho que eles tem medo de que se liberar legalizando eles poçam perder o lucro o " salário extra " que obtém com a repressão acharcando as pessoas e pedindo dinheiro por causa de um baseado ou com as apreenssões que fazem. Não vamos mais tolerar autoritarismo e corrupção. Legalizar é o caminho.

Anônimo disse...

Como sempre eles tem que aparecer, com suas garras pra reprimir. Acho que eles tem medo de que se liberar legalizando eles poçam perder o lucro o " salário extra " que obtém com a repressão acharcando as pessoas e pedindo dinheiro por causa de um baseado ou com as apreenssões que fazem. Não vamos mais tolerar autoritarismo e corrupção. Legalizar é o caminho. [2]

Anônimo disse...

De 2mil pra 10mil é uma diferença muito grande hein ... acredito que tenha sido bem mais de 2mil mesmo..

Anônimo disse...

Eu tbm fui e concordo: por volta de 10 mil pessoas. Vmos marcar mais uma marcha esse ano pra botar 15 mil doido na rua!!!

Anônimo disse...

legalizar é o caminho; mas :

a educação no brasil é fraca
o crime recruta mas do que o exercito brasileiro;
os gambé vao oprimir no começo dessa legalização

"paga pal por causa de um baseado ou pagar imposto desgraçado "

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Colaboradores

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics