quarta-feira, 1 de agosto de 2012

É proibido proibir ( Redação vencedora do 1º concurso de redação canábica)


No início do mês de Julho o Blog Maconha da Lata abriu um concurso cultural de redação, vislumbrando o tema Maconha Medicinal. O intuito do concurso era de proporcionar interatividade entre seus leitores e administradores, como também servir de base de informação para muitos que ainda desconhecem esse importante tema.

Entre as várias redações que recebemos, com muito custo foi escolhido o vencedor, que foi o nosso amigo M.C.L , do estado do Rio de Janeiro.  Abaixo, vocês podem conferir a redação vencedora do concurso de redação canábica! Boa leitura J

É proibido Proibir


Remete ao período colonial do nosso “Brasil Pindorama”, um rosário de ridículas proibições. Durante o reinado e a emergente republica brasileira proibiam e reprimiam as manifestações de rua na prática da capoeira e do samba de roda. Terminada essa fase, os terreiros de macumba e o candomblé se tornaram alvo da repressão, quando a partir de determinada data cederam espaço a novas vítimas, desta vez foram os prostíbulos, cujas prostitutas e cafetinas eram achacadas por policiais corruptos. Descobriram então que os contraventores do jogo do bicho renderiam maior receita e ainda hoje permanecem como uma das maiores fontes de suprimento de verbas para a manutenção de autoridades, políticos e policiais corruptos.

Não satisfeitos com a receita obtida surgiu então outro grande filão, quando a partir de 1964, o golpe militar implantou a indústria do anticomunismo, cuja repressão aumentou os rendimentos dos corruptos de plantão. 

Passados vinte anos, as combalidas instituições se deterioraram e o crime organizado vem adquirindo raízes, cada vez mais infiltrado em todas as esferas do poder em nosso país.

O comércio ilegal de drogas representa no Mundo, um dos maiores negócios e principal gerador de corrupção atual no Brasil.

Cabe lembrar, que nos idos anos do século XIX, a cocaína foi louvada pelo Papa Leão XIII e motivo de aprovação geral citada em bula papal. A Cocaína era facilmente obtida em qualquer farmácia do país, quando nenhuma restrição havia quanto ao seu uso ou plantio, inclusive da maconha, a qual era empregada no alívio das dores de parto pelas mulheres nordestinas, sobretudo em Arapiraca no Estado de Alagoas.

A preciosa erva medicinal Cannabis originária da China é reconhecida há séculos como ”Boi dos Vegetais”, pois dela tudo se aproveita, inclusive na produção do Cânhamo, cujo tecido foi largamente utilizado nas velas das naus que no passado singraram por todos os mares.

É tempo de descriminalizar o uso de qualquer tipo de drogas, a fim de desmitificar os perigos anunciados, cuja repressão somente se justifica para a sustentação do crime organizado e da corrupção.

Os efeitos maléficos ou benéficos que possam causar, não são maiores que qualquer outro tipo de droga legal, como o cigarro, o álcool ou medicamentos tarja preta.

A humanidade desde as mais remotas épocas, jamais dispensou o uso de drogas, cujos efeitos provocam sensações dos mais variados tipos de reação, e sua escolha varia de acordo com o momento histórico e a cultura de cada povo. De cara limpa! Nenhum ser pensante suporta viver por muito tempo.

M.C.L  é o autor do texto vencedor do 1º concurso de redação canábica promovida pelo blog Maconha da Lata

3 comments:

Maires disse...

Parabéns então! Muito legal o texto. Só achei que fugiu um pouco do tema. Mas está muito bom, muito bom mesmo! Parabéns ao M.C.L e mande as fotos das plantinhas quando puder!

Anônimo disse...

Também achei que fugiu um pouquinho do tema. Mais está muito bem escrita tanto no português, quanto na abordagem intecto-cultural do texto empregado com muito conhecimento. Parabéns pela iniciativa, dos ADMIN. do grupo, que estão sempre pensando e trabalhando a favor da CANNÁBIS e de uma melhor concientização dos membros do grupo. E pro M.C.L. por ter acreditado e participado deste nobre concurso.

Anônimo disse...

Texto interessante, porém, tenho que concordar com os comentarios abaixo.
O tema principal da redação somente foi abordado no final da redação, e ainda assim de maneira discreta.

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics