quarta-feira, 20 de março de 2013

Nova York é a capital de apreensões por posse de maconha


A bonita de Nova York é considerada a cidade com maior número de apreensões por porte de maconha. Dados apontam que a policia local já efetuou mais de 440 mil apreensões por posse de maconha, contabilizando um milhão de horas gastas em detenções por posse de cannabis, sendo que em sua maioria, prisões efetuadas em desfavor de afrodescendentes e latinos, reforçando o cunho racista e xenófobo da proibição da maconha.

O relatório foi preparado a pedido do conselho deliberativo da cidade e da legislatura do Estado de Nova York. "O novo estudo divulgado hoje mostra o incrível número de horas que o Departamento de Polícia de Nova York gastou prendendo e processando centenas de milhares de pessoas em detenções por delitos menores por posse de maconha durante o mandato de (prefeito Michael) Bloomberg".

Apesar de um alto percentual de jovens brancos consumir maconha, mais de 85% das pessoas detidas e encarceradas por posse da droga são de negros e latinos, informa o documento.

Para chegar a esse número de um milhão de horas em 11 anos, o autor do estudo, o professor de Sociologia do Queens College e reconhecido especialista no assunto, Harry Levine, calculou que uma detenção por porte de maconha leva, no mínimo, entre duas e três horas para um oficial da polícia.

A Aliança para a Política de Drogas divulgou o estudo como um exemplo da necessidade de despenalizar a posse de maconha para uso pessoal em Nova York.

"Não podemos permitir que dezenas de milhares de jovens continuem sendo presos todos os anos por posse de pequenas quantidades de maconha", disse Alfredo Carrasquillo, um ativista de direitos civis da associação VOCAL-NY.

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics