quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Cogumelos mágicos alucinógenos - Psilocybe

substâncias enteógenas
O gênero Psilocybe é um dos mais conhecidos cogumelos mágicos por suas espécies produtoras de psilocibina e outros alcalóides psicoativos. Dentre as espécies deste gênero, destaca-se Psilocybe azurescens, sendo a espécie mais notável em termos de acumulação de alcalóides (substâncias psicoativas), podendo chegar a mais de 2% de massa seca em psilocibina. Nativa da costa oeste dos Estados Unidos, esta espécie ocorre apenas em uma pequena área em planícies no delta do rio Columbia, no estado de Washington, sendo assim uma espécie endêmica daquela região. Outra espécie norte-americana é Psilocybe cyanescens e ambas parecem concentrar uma quantidade considerável de alcalóides. Algumas teorias correlacionam a localização geográfica das espécies de cogumelos com sua maior produção de alcalóides, podendo ser uma resposta do fungo à uma determinada condição ambiental de seu hábitat, como por exemplo uma defesa contra um predador.

Albert Hoffman e seus colaboradores estudaram extensamente os efeitos da psilocibina. As experiências durante as alucinações induzidas por psilocibina vão desde sensações de leveza, mudanças e alterações na percepção espacial e temporal, mudanças na percepção da auto-imagem e do corpo até experiências visionárias, em doses mais elevadas. Os estudos de Albert Hoffman com Psilocybe mexicana, ocasião em que ele ingeriu trinta e dois chapéus de cogumelos secos, o que equivale a uma dose grande, o levaram a conclusões da similaridade da psilocibina com outros compostos como mescalina e o próprio LSD.

Apesar de serem aparentemente fáceis de encontrar e identificar em campo, a diferenciação entre as espécies de cogumelos as vezes só pode ser feita com auxílio de microscópio, o que, por vezes, leva o usuário a ingerir doses elevadas de espécies realmente tóxicas. Alguns cogumelos comestíveis nativos do Brasil, não alucinógenos, são facilmente encontrados e mesmo a coleta destes exemplares por pessoas que os desconhecem pode ser arriscado. Por isso, é importante ter cautela ao sair pelas pastagens ao encontro deles.

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics