sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Legalização feliz para o mundo, principalmente para América Latina

avanço da maconha na américaNessa semana aconteceu provavelmente a notícia mais importante sobre maconha de todo o ano. Nosso vizinho ao sul, o Uruguai, se tornou enfim o primeiro país a legalizar a maconha no mundo.

O que chama a atenção, foi a vontade e dedicação para resolver tudo antes que o ano acabasse, para que a lei já possa valer em 2014. Falo dessa vontade, pois no Brasil há algum tempo se fala da reforma do código penal brasileiro, que já foi revisado por especialistas e até formulado um projeto, ficou de ser julgado em 2012, no final, mas não houve tanto empenho para fazê-lo, e acabaram adiando para 2013, porém por questões como o mensalão, que teve que ser julgado 2 vezes, esse processo atrasou, ou seja, melhorias para o Brasil ficaram em segundo plano, dando espaço à corrupção.

No fim das contas, o ano de 2013 está acabando e sequer ouvimos falar da reforma do código, que diga-se de passagem é um dos códigos mais atrasados no mundo, tendo mais de 70 anos sem nenhuma modificação, realmente um absurdo.

Já o Uruguai não, elegeu um presidente com a cabeça muito a frente de seu tempo, com uma visão realmente benéfica para a sociedade, que se empenhou e assumiu as rédeas da legalização da maconha, e a Câmara dos Deputados e o Senado do país votaram a favor, confiando muito no presidente José Mujica, o que não temos dúvidas de que foi uma escolha sábia.

O Brasil é de fato um dos países mais preconceituosos do mundo, e isso acaba  atrasando muito o desenvolvimento do maior país da América Latina. O Brasil teria um potencial de agricultura enorme para a maconha, poderíamos desenvolver combustível e sermos auto-sustentáveis nesse aspecto e em outros. Enfim, resta a nós, pobres brasileiros, torcermos para que alguém enxergue o avanço do Uruguai e queira seguir os passos.

0 comments:

Postar um comentário

 
 

NÃO COMPRE, PLANTE!

 

Vamos curtir galera!

Esquadrilha da Fumaça

Visitas

 
Real Time Web Analytics